Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Convidaram-me para um Coffee Break!

 

Carlos convidou-me para um café.

Apesar de não ser uma grande apreciadora desta bebida, aceitei com prazer o convite e marcámos esse cafezinho para esta manhã, no seu blog!  

 

Se por acaso se quiserem juntar a nós, e ficar a par de tudo o que por lá andámos a conversar, peguem na chávena que aqui têm abaixo. Assim um pouco à moda da Alice no País das Maravilhas, mal cliquem na chávena, serão teletransportados para o mundo do café em grão!  

 

 

 

 

 

 

 

 Ou então, espreitem AQUI!

 

Já provaram estes iogurtes?

IMG_2440.JPG

 

Já estão à venda os novos iogurtes gregos, da Danone, com edição limitada.

Eu comprei estes, de Maçã e Canela, depois de o meu marido me ter dado a provar um, e são muito bons!

Também existem com sabor a Café.

 

 

IMG_2441.JPG

 

Já estes, da Nestlé, encontrei nos sabores Côco e Limão.

Optei por comprar os de limão para experimentar, e são óptimos!

É quase como se estivessemos a comer mousse de limão.

 

E por aí, já provaram estes iogurtes? 

Café com sabor de livros...

18131278_9zyRg.jpeg

...ou livros com sabor de café?

E logo eu, que não sou apreciadora de café! Vamos lá ver como me safo neste desafio da Sofia MargaridaRúben e Miss Ana.

 

Negro: Nome de uma série que é difícil de entrar, mas tem fãs apaixonados.

Neste caso não vou falar de série televisiva, mas dos livros 50 Sombras...Não consigo ter vontade de os ler.

 

Chocolate quente: Qual é o seu livro para crianças favorito?

Os livros da Anita! E os dos contos da Disney.

 

Dose dupla de expresso. Diz um livro que te manteve "na ponta da cadeira" do inicio ao fim.

Todos os do Jeff Abbott e Sandra Brown!

 

Starbucks. Diz um livro que você vê em toda parte...

Livros do José Rodrigues dos Santos, Sofia Lisboa e outras pessoas famosas.

 

Ops! Pedi acidentalmente um descafeinado. Diz um livro que estavas à espera de mais. 

Mistérios do Sul, da Danielle Steel.

 

A mistura perfeita: Diz um livro que foi ao mesmo tempo amargo e doce, mas, em última análise, satisfatória.

O Jogo de Ripper, de Isabel Allende - primeiro uma "seca", depois um desenrolar emocionante até ao final.

 

Café com gengibre e natas: um livro que fica mais popular durante o inverno ou a época festiva do ano.

Qualquer um sobre alimentação saudável ou dietas milagrosas! E esses, eu não leio.

 

E aqui vai o desafio para:

 

CRIS

PAULO

ELSA

EDUARDA

CARTA  

O café "pendente"

 

A origem:

 

O hábito do “café pendente” surgiu por conta do livro The Hanging Coffee, onde uma personagem toma o seu café e, ao pagar a conta, deixa pagos dois cafés: o seu e um pendente para o próximo cliente que vier.

 

A primeira experiência:

 

Esse tipo de caridade apareceu, pela primeira vez, em Nápoles.

As pessoas pagavam, antecipadamente, o café a alguém que não podia permitir-se ao luxo de uma chávena de café quente. Deixavam também, nos estabelecimentos, não só o café, mas também comida.

Esse costume ultrapassou as fronteiras da Itália e difundiu-se em muitas cidades de todo o mundo.

 

A história:

 

"Entramos em uma pequena cafeteria, pedimos e nos sentamos à uma mesa.

Logo entram duas pessoas:
- Cinco cafés. Dois são para nós e três "pendentes".
Pagam os cinco cafés, bebem seus dois e se vão.

Pergunto:
- O que são esses “cafés pendentes”?
E me dizem:
- Espera e vai ver.
Logo vêm outras pessoas. Duas garotas pedem dois cafés - pagam normalmente. Depois de um tempo, vêm três homens e pedem sete cafés:
- Três são para nós, e quatro “pendentes”.
Pagam por sete, tomam seus três e vão embora. Depois um rapaz pede dois cafés, bebe só um, mas paga pelos dois.
Estamos sentados, conversamos e olhamos, através da porta aberta, a praça iluminada pelo sol em frente à cafeteria. De repente, aparece na porta, um homem bem humilde, com roupas baratas e pergunta em voz baixa:
- Vocês têm algum "café pendente"?"

 

 

 

Dia de São Martinho...

 

...é dia de comer castanhas e provar o vinho!

Mas como não aprecio castanhas, e muito menos vinho, e andava de desejos de beber uma caneca de café quentinho, decidi comprar pastéis de nata para todos e fazer café em casa.

O que eu não estava à espera, era dos efeitos secundários do dito cujo!

Há anos que não bebia café, e fiz uma caneca bem grande, sem açúcar (nunca ponho açúcar). Passado um bocado, tive uma tontura e daí em diante, até me deitar, parecia que tinha andado a beber :) Sentia tudo a andar tudo à roda, muito zonza, a fazer um esforço para passar a ferro e arrumar tudo o que ainda faltava.

Já para não falar que estou deitada, e nem eu nem o meu marido temos sono, e amanhã é dia de acordar cedo!

Tão depressa não volto a beber café!

Mas que me soube bem, lá isso soube!

  • Blogs Portugal

  • BP