Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Mãe 365 dias por ano!

 

 

A novela Bárbara/ Carrilho continua, com o segundo a acusar a primeira de ignorar os filhos, ao não ter querido celebrar o Dia da Mãe com eles. Parece que as crianças estavam à guarda do pai nesse domingo, mas o mesmo disponibilizou-se para deixá-las passar o dia com a mãe. Ela não quis e ele mostrou-se indignado porque "os pequenos até tinham presentes para dar à mãe". Bárbara Guimarães, por sua vez, apenas respondeu (e bem), que esteve com os filhos no final do dia e que “Dia da Mãe é todos os dias”.

 

E é isso mesmo!

Claro que acaba por ser um dia especial, e gostamos de estar com os nossos filhos. Mas somos mães a tempo inteiro! Não é um dia ou uma data que nos vai dar um maior estatuto de mãe.

Com a minha filha aconteceu exactamente o mesmo. Este ano, calhou estar com o pai. Nem sequer pus a hipótese de trocar. Sabia que ia estar com ela no final do dia. E a sua prendinha estava guardada para ela me dar à noite! Já a comemoração, enquanto mãe e, ao mesmo tempo, filha, foi almoçar com as respectivas num dos anteriores fins-de-semana, em que conseguimos estar todas juntas.

No Dia da Mãe celebra-se aquilo que somos todos os dias. Mas qualquer dia é bom para o fazer, para mimar as nossas mães, para cuidar e brincar com os nossos filhos, para passarmos tempo de qualidade com eles, e eles connosco, para dar e receber amor.

Somos mães 365 dias por ano! Não é um dia que nos vai tirar isso!

 

 

Dia da Criança

Hoje é o Dia da Criança!

E porque cada um de nós tem um pouco de crianças dentro de si, porque não ser um dia para todos nós?

Por aqui, há uma espécie de dupla comemoração: a do dia da criança e a da 5ª feira da espiga, mais conhecida por 5ª feira de ascensão (que já foi).

O resultado é a realização, na escola, da Feira da Espiga! Uma feira onde os adultos se misturam com as crianças!

É uma feira aberta a todos, com o objectivo de comemorar estas duas datas e, ao mesmo tempo, com a venda de produtos levados pelos nossos filhos, angariar fundos para ajudar a escola.

A escolha é variada - há comida, bebidas, material escolar, livros, bijuterias, plantas, produtos hortículas, e a famosa quermesse, que no ano passado esgotou as rifas, e respectivos prémios, no espaço de uma hora!

É uma forma de as crianças desanuviarem um pouco da pressão das fichas de avaliação e se divertirem.

Um feliz dia para todas as crianças!

 

 

Obrigada!

 

 

Sabem aquela euforia e ansiedade que normalmente temos, a contar os dias que faltam para fazermos anos?

Aquela tradição e ideia que aniversário sem bolo e velas não tem graça?

Pois...

Este ano, nada disso me aconteceu.

E até é uma idade engraçada, que merecia uma comemoração a condizer!

Em vez disso, tive um dia perfeitamente normal, a trabalhar. Um dia que eu queria que passasse depressa. Um dia sem ânimo, sem disposição, com dores e enjoada (porque aquele nosso castigo mensal resolveu presentear-me).

E, pela 1ª vez, sem bolo. Ou, pelo menos, assim pensava.

Houve alguém que me quis surpreender e comprou bolo e espumante, para me cantar os parabéns e brindar!

Só posso agradecer e ficar feliz, pela família que tenho, pelas pessoas que estão ao meu lado, que gostam de mim e me dão força, que me seguram e puxam quando estou a cair...

E, mais uma vez, a ti, meu amor, que contribuíste com um simples gesto, para tornar este dia mais especial! 

Obrigada...por ontem, por hoje, e por sempre!

  • Blogs Portugal

  • BP