Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Exposição de Presépios em Mafra

Já é Natal em Mafra!

Das árvores iluminadas, e toda a decoração das ruas, à música natalícia, do presépio à casinha do Pai Natal, do mercadinho ao carrocel e, este ano, com a novíssima Pista de Gelo que fará as delícias de todos, o Natal chegou à vila para ficar até ao dia 23 de dezembro.

 

 

Mas o destaque de hoje vai para a exposição de presépios, criados por várias escolas, associações e instituições do concelho, que poderá ser apreciada no Largo Coronel Brito Gorjão.

De qual gostam mais?!

 

IMG_7006.JPG

IMG_7007.JPG

IMG_7010.JPG

IMG_7013.JPG

IMG_7015.JPG

IMG_7017.JPG

IMG_7019.JPG

IMG_7022.JPG

IMG_7024.JPG

IMG_7026.JPG

IMG_7027.JPG

IMG_7028.JPG

IMG_7029.JPG

IMG_7023.JPG

IMG_7025.JPG

IMG_7020.JPG

IMG_7021.JPG

IMG_7014.JPG

IMG_7016.JPG

IMG_7018.JPG

IMG_7005.JPG

IMG_7008.JPG

IMG_7009.JPG

IMG_7012.JPG

 

 

 

 

 

Uma notícia inesperada...mas boa!

 

Há pouco tempo publiquei aqui uma entrevista ao Grupo de Teatro Van Bach, por ocasião da estreia da peça "O Segredo do Diamante, em Mafra.

Um jornal do concelho teve acesso à mesma, através do blog, e enviou-me um email a perguntar se podia publicar a entrevista na sua próxima edição. 

Assim, vem na edição de hoje a minha primeira colaboração para este jornal local.

 

 

Feira Mensal de Mafra

 

Finalmente, o regresso!

Há uns anos atrás, eram muitas as pessoas que estavam de acordo com a fim desta feira, realizada todos os terceiros domingos de cada mês, junto ao Palácio Nacional de Mafra. Principalmente os comerciantes que se sentiam prejudicados, tanto pelos preços praticados como pelo alegado "roubo" de clientes. Ou pela falta de limpeza pós-feira e desvalorização do Convento de Mafra.

A sua vontade veio a ser satisfeita quando, no âmbito das obras de requalificação da área envolvente do monumento, a feira foi suspensa. 

Apesar dos protestos daqueles que defendiam a realização da feira, ainda que pudesse ser transferida para outro local, ficámos mesmo sem feira.

Naquela altura (e durante muitos anos), esta feira acolhia uma imensidade de pessoas que ali compravam produtos mais em conta, que não podiam comprar nas lojas. Eu era uma dessas frequentadoras assíduas.

Mas, coincidência ou não, acabou a feira e abriram as lojas dos chineses! As pessoas acabaram por compensar uma coisa com outra, até porque se mantiveram aqui bem perto a feira da Malveira (todas as quintas-feiras) e a da Encarnação (todos os primeiros domingos de cada mês), para quem as preferisse.

Este ano, no entanto, a feira vai mesmo voltar, já a partir de 16 de Março, com instalação no Parque Intermodal onde, aparentemente, existem melhores condições para o exercício comercial e para acolher os visitantes, nomeadamente ao nível do estacionamento, assim como localização privilegiada, dinamizando o centro de Mafra, face à expansão natural da vila.

A minha dúvida é se, hoje, a feira voltará aos seus tempos de glória, ou se nada será como antes.

Seja como for, será benvinda!

 

(quem sabe não é desta que compro tecido bonito e barato para mandar fazer cortinados novos)

 

 

 

M...

M       

 

 

 

...de Mudança

...de Mafra

...de Mulher

...de Mãe

 

m...de Revista!

 

A nova revista, com periodicidade mensal, do concelho de Mafra, tem por objectivo destacar o que por cá acontece, o que de melhor aqui se faz, e o que este concelho tem para oferecer nas mais variadas áreas como o turismo, a cultura ou a restauração.

 

É, também, uma revista mais dirigida para o público feminino, com uma imagem atraente e moderna.

 

Uma aposta de qualidade, e bilingue (português e inglês), para que possa chegar aos milhões de turistas que ao longo do ano visitam o concelho, que surge pelas mãos de Luís Arriaga (anteriormente ligado à publicação Folha do Café, afastado da televisão e do mundo das cantigas por vontade própria), na qualidade de director da publicação, e de Susana Pimenta, directora adjunta e editora! 

 

Numa altura em que a palavra de ordem é a crise, este projecto jornalístico avança, sem medos, afrontando-a, pois a revista M, é de distribuição gratuita, e está disponível em estabelecimentos comerciais, balcões de instituições financeiras e postos de turismo.

 

E eu atrevo-me a dizer que poderá ser também M de "Marta", uma vez que alguns dos textos que aqui se encontram n'O meu canto, serão futuramente publicados na "Revista m", tornando-me numa espécie de colaboradora!

 

Parabéns aos mentores e a todos aqueles que, gentilmente, dão o seu contributo para que esta revista continue a prestigiar este concelho, e a brindar-nos todos os meses com a sua crescente qualidade!


 

  • Blogs Portugal

  • BP