Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O novo design do Sapo Blogs

 

 

Sabem aquela sensação de chegarmos ao nosso cantinho e saber exactamente onde está cada coisa que precisamos? Até mesmo os mais desorganizados, que encontram ordem na sua desarrumação?

Agora imaginem que alguém, com a melhor das intenções, decide fazer mudanças e arrumar tudo de uma forma muito mais prática, funcional e bonita. E, de repente, chegam ao vosso canto e não sabem mais onde estão as vossas coisas ou como as encontrar.

Foi assim que eu me senti quando cheguei hoje ao Sapo Blogs, e me deparei com este novo design!

Como se alguém tivesse entrado no meu canto, e o tivesse virado de pernas para o ar. Para mim, que sou pouco dada a mudanças, faz-me imensa confusão.

Sei que, provavelmente, daqui a uns dias já estarei familiarizada com estas novas funcionalidades e com este novo design mas, por hoje, foi este o único post que consegui escrever! Como se costuma dizer, primeiro estranha-se, depois entranha-se!

De qualquer forma, parabéns por esta nova cara. Mas tratem de não a modificar muito nos próximos anos :)

 

 

Não sei para que lado me vire...

...sem tropeçar ou bater em alguma coisa!

É por isso que eu não gosto de pinturas e limpezas de verão: não tenho onde pôr a mobília, por isso distribuo "o mal pelas aldeias", que é como quem diz, tiro tudo de uma divisão, e ponho nas outras. O pior é quando ainda não temos uma arrumada, e já temos que desarrumar outra.

É nestas alturas que se vê a tralha que temos em casa. A nossa estante da sala foi para o lixo. Enquanto não vem a nova, tenho tudo encaixotado um pouco por todo o lado, e mal nos conseguimos mexer. O problema é que o tempo é curto, e só posso fazer alguma coisa quando saio do trabalho.

Muito sofre uma pessoa, para depois poder ir de férias descansada!