Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Mais uma prova cega e nada

Se há coisa que eu valorizava neste programa era o facto de os mentores não saberem quem está a cantar, e só ouvirem a voz. 

Esta edição, a cada programa que exibe, mostra que as coisa não são bem assim.

Sendo os mentores profissionais da música, parto do princípio que escolhem concorrentes que tenham potencial e qualidades vocais que eu, como leiga, não consigo analisar, e que seja esse o principal critério.

É que na minha opinião de mera espectadora, é-me difícil compreender porque é que um determinado concorrente grita e vira cadeiras, e outro que faz exactamente o mesmo não vira um única. Porque é que a determinados concorrentes a linearidade é vista como qualidade, e a outros como defeito.

 

 

A destacar, pela atitude descontraída - Pedro Santos

 

 

Pela música escolhida, piano e voz, e atitude serena e diferente - Luís Cruz

(Sim, foi um pouco estranho ele ter ido sozinho. E, sim, foi estranho ouvi-lo dizer que o seu melhor amigo era ele próprio - mas é a pura verdade. E a quem não diz nada, não deixa de ser estranha aquela postura do "Deus te abençoe". Mas tudo isso é irrelevante e não lhe tira o mérito)

 

 

Pelo contraste - o Iven e o Sérgio

Olhei para esta dupla de amigos e sobressaiu logo o contraste entre ambos - um com ar de D. Juan, bem vestidinho, e o outro, com um look totalmente diferente. Um mais virado para o estilo romãntico, outro para o rock e heavy metal. E, no fim, não tinha nada a ver! É a nossa mente a tecer juízos de valor sem conhecer as pessoas. Fiquei com a impressão que o Sérgio ficou muito mais afectado pelo facto de não terem virado cadeiras, e encarou esta oportunidade de forma mais séria do que o amigo. E pareceu-me também uma pessoa mais humilde.

Será que um se prejudicou ao outro? Será que a participação em dupla não funcionou?

 

 

Pela interpretação - Fausto.

Embora me pareça que gostei mais de ouvir o Mário, concorrente do Ídolos, a cantar esta música. Vamos ver como se safa noutras músicas/ registos.

 

 

Pontos negativos:

 

A destacar pela negativa, o facto de as quatro cadeiras terem virado, e de a Marisa se ter, claramente, arrependido, tentando remediar o estrago empurrando a concorrente para a Aurea. E o dueto com a Aurea, que provou ainda mais que esta concorrente não merecia as quatro cadeiras viradas!

A Aurea tem voz para esta  música. A Teresa não.

 

 

O histerismo destas primeiras concorrentes, quando falavam com os mentores masculinos. Menos, meninas...Comportem-se!

 

 

Imagens The Voice Portugal

 

 

Obrigada, Sapo!

 

Quero agradecer ao Sapo Blogs todos os miminhos com que me tem presenteado ao longo destes últimos anos e, particularmente, nestes últimos meses, nomeadamente:

 

  • o primeiro destaque do cantinho, com um post nascido de uma das sugestões do Sapo Blogs (davam imenso jeito) 
  • o Diário de Leituras, que me enviaram por ter vencido um dos seus passatempos (por falar nisso, deveriam voltar a ter estes passatempos)
  • o convite para o Meet The Blogger, onde pude falar mais sobre mim e os meus blogs
  • os diversos destaques com que tem brindado este cantinho, e que me fazem querer continuar dia após dia 

 

E quero também agradecer:

  • por me dar a possibilidade de ter vários blogs à minha medida, sobre temáticas tão diferentes
  • pela oportunidade de poder partilhar o que me vai na alma com toda esta fantástica comunidade
  • por me ter dado a conhecer bloggers como aqueles(as) que sigo, e me seguem diariamente, ou frequentemente, e com quem posso trocar experiências, conhecimentos, pensamentos, estados de espírito, solidariedade, dois dedos de conversa e, por vezes, aprender coisas novas

 

Por tudo isto, e muito mais, obrigada, Sapo!

 

 

Destaques de cópias de posts

Já muito se têm falado por aqui da questão dos destaques do Sapo Blogs, dos critérios de selecção dos posts destacados, do mérito de uns e da falta de conteúdo de outros, de injustiças, de preferências pessoais, das dificuldades de agradar a todos, da difícil tarefa de seleccionar 3 ou 4 posts entre milhares, entre outras.

À parte de tudo isto, acontecem ainda outras situações (felizmente, não comigo) que não acho correctas - destaques de posts que, à excepção da introdução, são uma cópia completa de outros posts, de outros blogs desta mesma plataforma!

É certo que nessa introdução pode haver a referência do blog copiado (e respectivo link) de onde foi retirado. Mas, ainda assim, não deixa de ser uma cópia.

Se o conteúdo de um post merece um destaque (e na minha opinião, por vezes merece), deve ser o original a ser destacado, e não a cópia.

  

  • Blogs Portugal

  • BP