Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Somos como um balão!

desenho-de-balão-colorido-dibujos-ideia-criativa.

 

 

Ao longo do nosso dia, algumas situações menos boas vão-se acumulando, como o ar que vai enchendo, aos poucos, um balão.

Da mesma forma, acontecem outras que compensam as primeiras e, de certa forma, soltam a boca do balão por momentos, esvaziando algum do ar que lá se encontrava.

Se o balanço final for positivo, e conseguirmos pôr para trás das costas o menos bom, é possível que cheguemos ao final do dia com o balão vazio. E que bem que sabe soltar todo aquele ar que se foi acumulando!

 

 

No entanto, este processo vai-se repetindo ao longo da nossa vida, e o balão, de tantas vezes que se enche e esvazia, começa a ficar mais enfraquecido.

Por outro lado, não é saudável andar sempre com ar dentro do balão, por pouco que seja, sem o conseguir soltar. Até porque, quanto mais ficar acumulado, mais depressa o balão enche, e mais fraco e susceptível de rebentar se torna.

 

 

O resultado, num ou noutro caso, é que corremos o risco de, um dia, sem contarmos, o balão, simplesmente, rebentar. 

Se for por excesso de ar, muito mais rapidamente, é certo, e muito mais previsível.

Se pelas várias metamorfoses que foi sofrendo ao longo do tempo, mais demoradamente, e de forma imprevisível.

 

 

E o que acontece, quando o balão rebenta?

Para além de não haver nada a fazer, e ter que ser substituído por outro, pode atingir tudo à sua volta com os estilhaços daí resultantes.

Haverá sempre consequências, e mudanças.

Mas nem sempre o podemos evitar...

Acordar com a chuva a cair lá fora

Resultado de imagem para chuva

 

Foi assim hoje de manhã...

Acordei, ainda não eram 7 horas, e ouvi a chuva a cair lá fora.

A primeira chuva de outono!

 

Não apetecia levantar da cama, mas tinha que ser.

Ainda era de noite. As luzes acesas permitiam ver as pingas a cair no chão.

As gatas, que já não estavam habituadas ao som das gotas a bater nos telhados e beirais, estavam assustadas.

 

As luzes desligaram. Ficou escuro mas, aos poucos, começou a clarear. 

O céu estava todo cinzento, e a chuva continuava.

Não apetecia sair de casa. Era tão melhor ficar no nosso abrigo!

 

Mas é preciso ir trabalhar. É preciso ir para a escola.

Casaco da chuva e sapatos a substituir as sandálias que ainda ontem calçava, saí de casa já com sol, e um cheirinho bom no ar, deixado pela chuva que entretanto parou.

 

Temporariamente...

O sol é enganador, e já se veem mais nuvens negras no céu, a prometer mais chuva ao longo do dia.

Parece que, agora sim, stá oficialmente aberta a época do outono!

 

 

Qual o melhor dia da semana para trabalhar?

Resultado de imagem para dias da semana

 

Segunda-feira - ainda com sono e cansados, a tentar entrar novamente no ritmo, com muita calma, depois de um fim de semana a acordar mais tarde e cheio de actividades, não é um bom dia para trabalhar!

 

Terça-feira - o dia em que pensamos que ainda falta tanto tempo para o fim de semana, em que desmoralizamos e nos andamos a arrastar, na esperança que, pelo menos, vejamos o meio da semana chegar

 

Quarta-feira - estamos a meio da semana, já enfrentámos dois dias de trabalho, precisamos de uma pausa para enfrentar o resto da semana

 

Quinta-feira - já está quase a semana a terminar, custa-nos cada vez mais acordar cedo, o cansaço vai-se acumulando, já só queremos que o fim de semana chegue depressa

 

Sexta-feira - estamos já em modo fim de semana, a trabalhar o mínimo, à espera que o tempo passe e o relógio indique a hora de saída! 

 

Posto isto, na vossa opinião e experiência pessoal, qual o melhor dia da semana para trabalhar, e que acaba por ser mais produtivo? Ou não existe um dia específico para isso?

Primavera

Resultado de imagem para primavera

 

Ontem, senti a Primavera!

Nem sempre se consegue, mas ontem deu para senti-la.

 

Em cada raio de sol que aquecia o meu corpo, e me fazia querer passar o resto do dia na rua;

No chilrear dos passarinhos, que pareciam celebrar a vida;

No aroma que invadiu as ruas, por onde quer que passasse, a flor de laranjeira, a fazer lembrar os campos; 

Nas árvores que vou vendo pelo caminho, já cobertas de flores brancas e rosas;

Nas pinceladas brancas sobre o azul do céu, a completar esta linda tela à vista de todos, mas que só os mais atentos conseguirão ver;

E regressar a casa com o sol a brilhar, e não à noite, como estava habituada.

Agora sim, é Primavera!

Um dia de loucos

Resultado de imagem para desenhos de louca

 

Depois de um domingo inteiro de volta de trabalhos de geografia, inglês, matemática e ciências, com a minha filha, sabia que a segunda-feira não iria ser fácil, mas nada fazia prever o dia de loucos que tive!

Saio em serviço, cerca das 09.30h, para tentar adiantar o máximo possível. Tiro três senhas, para três serviços diferentes. Em todos eles tenho várias pessoas à frente. Decido ficar num. Não estava a andar. De vez em quando espreitava o do lado, também sem ter avançado. Fiz isto várias vezes, de um lado para o outro, até que num deles acabou por passar a minha vez. Tiro nova senha. Como só tenho 2 pessoas à frente, e no anterior ainda estava na mesma, fico naquele. Sou atendida. Chego ao outro, e a senha já tinha sido chamada! Que pontaria.

Esqueço o terceiro serviço, e fico por ali. Mas tive que desistir, porque às 12.30h tinha a minha ecografia e não convinha atrasar-me. Chego à clínica, e tinha cerca de 7/8 pessoas à minha frente. Aproveitei para comer umas bolachas que tinha na mala, porque o pequeno almoço já há muito tinha sido tomado. Fui chamada às 13.30h!

Saí da clínica directamente para o trabalho, para voltar a sair em serviço, novamente aos mesmos sítios da manhã. Só me consegui despachar perto das 16h, quando regressei ao escritório, e aproveitei para comer mais qualquer coisa.

Pelo meio ainda recebo a notícia de que a minha filha teve negativa num teste.

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP