Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Ainda há alguém que vê o Let's Dance?

Resultado de imagem para let's dance tvi

 

Eu vejo. E provavelmente, a julgar pela votação, muitos outros portugueses também.

Mas já não é o que era! Ou o que foi programado para ser.

De programa que prometia ser um sucesso, passou a um talent show condenado ao fracasso.

 

 

Para isso terá contribuído o facto de não ter resultado como reality show, ditando a saída dos concorrentes, de uma casa que teria sido especialmente concebida para eles. Estará, também, a contribuir o horário cada vez mais tardio a que passam o programa, fazendo-nos levar com novelas pelo caminho.

E contribui, também, o claro favorecimento de alguns concorrentes, e a tentativa de eliminação de outros, e que acaba por produzir, precisamente, o efeito contrário.

 

 

 

Resultado de imagem para bruna e daniela let's dance

 

Senão, vejamos: a Bruna tem sido uma das concorrentes mais nomeadas, uma das que mais tem experimentado estilos diferentes, e uma das que mais críticas tem recebido. Seja pela idade, pela falta de experiência e técnica, por vontade dos jurados a Bruna já não estaria em competição. E eu até gosto muito da Bruna, mas concordo que há concorrentes mais fortes que ela. 

Ontem, mais uma vez, a Bruna foi a votos, desta vez, contra a Daniela. E sim, a Daniela já é uma profissional da dança, pelo menos das danças de salão, e tem muita técnica e atuações mais fortes e poderosas, para além de mostrar toda a emoção enquanto dança. Merecia ter ficado no programa. Mas, mais uma vez, a Bruna foi salva.

Porquê? Talvez pela sua beleza, por ter mais fãs entre o público e, talvez, porque, desde o início, o programa pareceu favorecer a Daniela, oferecendo-lhe estilos a que ela já está habituada, nos quais se sente em casa, sem poder mostrar grande versatilidade. Penso que foi isso que ditou "a morte do artista", como se costuma dizer!

Ainda a respeito de favorecimentos e expulsões, o Cristóvão tem sido outro dos concorrentes mais "castigados", apesar de nem sempre estar tão mal como os jurados fazem crer. Tem mudado de estilos todas as semanas, e tenta sempre dar o seu melhor em todos eles.

Já o Pedro Canilhas, apesar de ser um grande bailarino, não foi o melhor da última gala, o que mostra, mais uma vez, o poder dos jurados no que respeita a favorecer os amigos.

 

 

Quando às duplas/trios, porque não inovar também?

Passaram-se apenas meia dúzia de programas, e já várias duplas foram repetidas. Porque não pôr duas mulheres a dançarem juntas. A dupla de rapazes, da semana anterior, foi uma das melhores da noite.

 

 

E relativamente às expulsões, em vez de estarem a arrastar o programa de semana para semana, porque não expulsar um ou dois em cada programa? 

 

 

Quanto ao facto de os jurados afirmarem que alguns concorrentes devem ir para escolas, para aprender mais, embora compreenda que é um conselho dado de forma positiva, relembro que era suposto o próprio programa ser uma academia de dança, onde eles iriam aprender. E se quem concorresse já tivesse a técnica, experiência e saber total, e fosse exímio, não precisava, certamente, do programa para nada! 

 

 

 

 

 

 

 

 

Let's Dance - terceira gala

Sem Título.jpg

A terceira gala do Let's Dance foi no último sábado.

 

 

Sem Título2.jpg

Em risco de sair estavam a Bruna e a Inês. A Bruna foi sempre mais votada que a colega. No entanto, nesta gala, a Inês mostrou aquilo que já devia ter mostrado antes, e deu tudo para tentar convencer os portugueses a votar nela. Mesmo assim, não foi suficiente. E ela acabou mesmo por sair.

 

 

Resultado de imagem para ivanoel let's dance

O Ivanoel e a Kateryna foram considerados os melhores bailarinos da gala, mas como o prémio só podia ser entregue a um deles, calhou à Kateryna, que assim recebeu imunidade para a próxima gala. Penso que foi justo. Ela tem mostrado que é das melhores bailarinas que ali está, e versátil.

 

 

Sem Título1.jpg

Entre uma Kateryna que nunca dançou um paso doble, e a Daniela que dançou tango, totalmente dentro do seu estilo, preferi muito mais a Kateryna.

 

 

Sem Título3.jpg

Sem Título4.jpg

Relativamente aos convidados, gostei muito de ver a Mónica Jardim e o João Montez a dançar o tango, e adorei a actuação dos Átoa que, ao contrário do C4 Pedro na semana anterior, deixaram os bailarinos brilhar.

 

 

 

Por explicar, a não ser por um comentário final da Rita Pereira, ficou o facto de terem deixado de exibir os directos no canal 12, substituindo-os pelo Love on Top, e o facto de os bailarinos terem sido "obrigados" a sair da academia que foi criada propositadamente para eles, e para este programa.

As baixas audiências justificam tudo.

Mas o que é certo é que polémicas não faltam neste programa, desde a escolha dos concorrentes, a clara preferência e apoio do Cifrão a alguns deles, o favorecimento de alguns concorrentes que dançam os seus estilos, o satisfazer de alguns pedidos (diz-se que foi a Daniela que pediu para trabalhar com o coreógrafo Pedro Borralho), enfim...

 

No meio disto tudo, fiquei com uma dúvida: tendo saído apenas a Inês, como é que se vão agora formar as duplas?

 

 

Imagens Lets Dance TVI

 

 

 

Porque nunca hei de participar num trail

 

Ultimamente tem vindo a ganhar bastantes adeptos, e parece que se tornou mesmo uma moda, paralelamente à corrida de estrada.

O meu marido, que costuma participar em algumas corridas, há muito desejava experimentar correr um trail.

E sobre isso, tenho uma opinião muito própria, que pode ser completamente absurda tendo em conta que se trata de uma competição, mas que para mim faz todo o sentido:

- o trail deveria ser algo para se participar em grupo (duplas ou equipas maiores), em que uns se ajudam aos outros e mantêm-se unidos, a ultrapassar os obstáculos e a derrubar barreiras, até à meta;

- o principal objectivo deveria ser a experiência, um momento diferente passado com amigos, um desafio a superar mas sem a preocupação ou pressão da vitória, ou de uma boa classificação;

- apesar de se escolher, propositadamente, terrenos acidentados, de difícil acesso e que exigem uma excelente forma física, e as condições serem totalmente diferentes de uma estrada de betão, ainda assim deveria haver mais segurança e mais meios à disposição dos participantes;

- quem quiser experimentar um trail, deve treinar antes para isso, e não se aventurar sem qualquer preparação;

- pode ser péssimo para quem, como eu, não tem o mínimo sentido de orientação, ainda mais se os meios disponíveis para orientação forem escassos ou nulos; 

- deveria haver alguém ligado à organização em pontos estratégicos do percurso;

- deveria ser fornecido aos participantes um contacto de emergência para o caso de alguma eventualidade;

 

É por tudo isto, que nunca hei de participar num trail! Além, claro, da minha pouca vontade de correr. 

Porque para mim não faz qualquer sentido ir cada um por si, preocupado com uma medalha ou prémio, e arriscar-se a ficar pelo caminho, sem qualquer recurso à disposição. 

Até pode ser um perfeito disparate o que estou para aqui a dizer, mas a mim não me apanham a subir montanhas, nem a atravessar rios, nem qualquer outra actividade radical ligada ao trail!

 

  • Blogs Portugal

  • BP