Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Fui "hackeada"!

Fique atento aos 11 sinais para saber se você foi hackeado | Go2web

 

No fim de semana passado, de um momento para o outro, deixei de conseguir aceder ao meu email no telemóvel. Supostamente, tinha detectado actividade suspeita. Pedia-me para alterar a password. Com receio, achei melhor experimentar no computador. Dava a mesma mensagem. Lá fiz a alteração.

 

Ontem, saio do trabalho à hora de almoço. Quando volto, tento aceder ao facebook. 

Dizia que estava a usar uma password antiga. Tentei de novo, para ver se não me tinha enganado.

A mesma mensagem.

Alguém acedeu à minha conta, e alterou a password, logo após eu ter saído para almoçar.

No email, aparecia essa actividade na zona de Santarém.

Tive que proteger a conta, que entretanto tinha sido bloqueada, e mudar a senha de acesso. 

 

Entretanto, fiquei a saber que alguém criou um perfil no Goodreads, com o meu nome, ou então já existia, e copiou uma opinião que eu tinha partlhado aqui no blog, palavra por palavra.

Ou se tentou fazer passar por mim, ou limitou-se a fazer copy paste, como se a opinião fosse sua.

 

E é isto!

Espero não ter mais surpresas nos próximos dias 

Problemas com a recepção dos comentários no email

Barri.goods | Freepik

 

À semelhança do que já tinha acontecido há uns tempos, aqui pela blogosfera, estou novamente com problemas na recepção dos comentários feitos aos blogues, no meu email.

Não recebo qualquer notificação dos comentários que fazem ao meu blog, nem dos comentários de resposta aos meus comentários, feitos noutros blogues.

E se, os primeiros, ainda os consigo ver aqui, os segundos, só indo a cada um dos blogues comentados, para confirmar.

Mais alguém por aí que esteja a passar pelo mesmo? 

Socorro, adulteraram a minha caixa de email!

Resultado de imagem para socorro

 

Já tinha acontecido à minha filha. 

Um dia, quando entrei, estava completamente diferente e eu pus-me a olhar para aquilo como se tivesse acabado de ver um ET à minha frente!

 

Já tinha acontecido ao meu marido, que começou a reclamar porque é que aquilo agopra aparecia assim, se não tinha feito nada para mudar.

 

E, hoje, aconteceu-me a mim.

Sem aviso, sem hipótese de escolha, sem poder retroceder e voltar ao que era antes.

Mudaram-me o Outlook, e eu fiquei especada, qual parola a ver pela primeira vez uma inovação tecnológica que já todos dominam, menos eu!

Até aqui, andava satisfeita da vida por continuar a ter a versão de sempre.

 

Sim, sou avessa a mudanças. Não gosto, fico possessa. Depois, lá me habituo, com o tempo.

Mas, nessa altura, o mais certo é tramarem-me outra vez, com uma versão ainda mais melhorada!

TPC's online - um método inovador!

Resultado de imagem para menina ao computador

 

 

O professor de história da minha filha, como já anteriomente tinha referido, foi meu professor quando andei na escola, por volta do mesmo ano em que ela está agora.

Quando mencionei isso, alguém comentou que era uma boa forma de avaliar se os métodos se mantinham, ou acompanhavam as novas tendências.

E, na verdade, este é um bom exemplo!

Logo no início, informou que iria enviar os trabalhos de casa por email. Fiquei apreensiva, porque nem todos têm email, nem todos têm sequer computador ou outra forma de aceder à net. Já para não falar que os alunos nem sempre vão verificar o email. Mais depressa os vemos nas redes sociais.

Nas primeiras semanas, nada de trabalhos. Depois, avisou que iria enviar um trabalho. Era apenas um formulário para preencher com os dados do aluno.

 

 

Resultado de imagem para formulários google

 

Na passada semana enviou outro, para os alunos fazerem para esta semana. Avisou-os de que iria enviá-lo. Estive a ver o trabalho com a minha filha, e posso-vos dizer que gostei deste método!

É inovador, sem dúvida. Não é massacrante. Entusiasma os alunos a fazer e procurar a informação porque só têm que preencher um formulário. A maior parte das respostas é por cruzinhas, letras de correspondência e por aí fora. 

Só acho que o professor deve ter o dobro do trabalho que teria se, simplesmente, pedisse aos alunos para fazer a ficha "x" ou "y" do livro. Porque, no fundo, as imagens e muitas das perguntas são as que constam do livro, e que o professor transforma em formulário online. Mas vale bem a pena o esforço!

Que mais professores sigam este exemplo!