Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

1 Foto, 1 Texto #42

20240506_085604cópiaI.jpg 

 

Quinta-feira da Espiga

Quinta-feira da Ascensão

É para esquecer a fadiga

E cumprir a tradição

 

É feriado municipal

Um dia de caminhada

Pelo campo ou meio rural

Sempre de forma empenhada

 

O ramo há que compor

Com tudo a que tem direito

Papoilas que simbolizam amor

Daquele que se guarda no peito

 

Malmequeres são riqueza

Espigas de trigo são pão

O melhor da natureza

Junto na nossa mão

 

A paz da oliveira

A saúde do alecrim

A alegria da videira

Para completar o festim

 

Se a preguiça falou mais alto

E não há ramo à sexta-feira

Podem sem sobressalto

Arranjá-lo de outra maneira

 

Ou, então, tal como eu

Deixem tudo onde está

Acredito que o que tiver que ser meu

Cedo ou tarde virá

 

As flores, ao campo, pertencem 

Não temos que as arrancar

Mesmo quando nos convencem

Que é para a nossa vida prosperar

 

E a tradição não quebrar...

 

 

Texto escrito para o Desafio 1 Foto, 1 Texto 

5ª Feira da Espiga

 

Sem espiga!

 

Soube mesmo bem este feriado da Quinta-feira da Ascenção, também conhecido por Quinta-feira da Espiga, em que é tradição ir apanhar a espiga, composta por espigas de cereais, flores campestres e raminhos de oliveira. Diz também a tradição que o ramo deve ser colocado por detrás da porta de entrada, e só deve ser substituído por um novo no dia da espiga do ano seguinte.

As várias plantas que compõem a espiga têm um valor simbólico profano e um valor religioso.

 

Espiga – pão

Malmequer – ouro e prata

Papoila – amor, vida

Oliveira – azeite, paz, luz

Videira – vinho, alegria

Alecrim – saúde, força

 

Nós não fomos apanhar a espiga, mas aproveitámos para dormir até mais tarde e dedicámo-nos aos trabalhos manuais. Tudo é melhor que ir trabalhar!

Dia da Criança

Hoje é o Dia da Criança!

E porque cada um de nós tem um pouco de crianças dentro de si, porque não ser um dia para todos nós?

Por aqui, há uma espécie de dupla comemoração: a do dia da criança e a da 5ª feira da espiga, mais conhecida por 5ª feira de ascensão (que já foi).

O resultado é a realização, na escola, da Feira da Espiga! Uma feira onde os adultos se misturam com as crianças!

É uma feira aberta a todos, com o objectivo de comemorar estas duas datas e, ao mesmo tempo, com a venda de produtos levados pelos nossos filhos, angariar fundos para ajudar a escola.

A escolha é variada - há comida, bebidas, material escolar, livros, bijuterias, plantas, produtos hortículas, e a famosa quermesse, que no ano passado esgotou as rifas, e respectivos prémios, no espaço de uma hora!

É uma forma de as crianças desanuviarem um pouco da pressão das fichas de avaliação e se divertirem.

Um feliz dia para todas as crianças!