Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Da descida do preço do gás

Gás de garrafa | Casa Galp

 

Tenho uma pontaria incrível!

Na passada 5ª feira encomendei uma garrafa de gás.

Nesse mesmo dia, ouço falar sobre a baixa de preços no mesmo.

Fico na expectativa, para saber se já vou pagar o novo preço, até porque entregaram o gás, mas esqueceram-se de deixar a factura.

No domingo, vi que já a tinham deixado na caixa do correio.

O mesmo preço de sempre.

Vou pesquisar o despacho. Foi publicado na sexta, dia 17, e só entra em vigor, três dias depois da publicação, pelo que percebi.

E pronto, lá tive que pagar quase 30 euros, quando poderia ter poupado uns euros!

 

Um azar nunca vem só

Resultado de imagem para ataque de nervos

 

Como um azar nunca vem só, depois do problema com os CTT Expresso, chegou a vez da Coprel.

Comprei ontem uma garrafa de gás na loja, que ficaram de entregar à tarde. Não o fizeram.
Hoje, ao ligar para lá, informam-me que a entrega foi feita!

 

Ah sim? E foi feita onde?
Na minha casa não foi, porque quando cheguei à noite, a garrafa vazia, continuava lá, à espera da troca.

Ficaram de ir ver...

Aguardam-se os próximos capítulos!

 

Novo prazo para a liberalização de gás e electricidade

Resultado de imagem para gás e luz

Se ainda não mudaram para o mercado liberalizado de gás e electricidade, têm agora até 31 de Dezembro de 2017 para o fazer.

Antes da formalização deste adiamento, quem tinha potências de electricidade contratadas iguais ou superiores a 10,35 kVa e/ou consumos de gás iguais ou superiores a 10000 m3 anuais, teve de procurar um fornecedor alternativo até ao final de 2014.

Já para aqueles que tivessem uma potência de electricidade e consumos de gás inferiores aos atrás referidos, o prazo era até 31 de Dezembro deste ano para fazer a transição.

Artur Trindade, que assina esta portaria, afirma que a transição "está a correr bem porque as pessoas estão a sair do mercado regulado".

Eu fui uma das que já procedeu a essa alteração, há pouco mais de um mês. No meu caso, só no respeitante à electricidade, e não houve dúvidas quanto à empresa fornecedora. Era só uma questão de tempo.

Mas todos aqueles que ainda têm dúvidas, que não sabem qual a melhor opção para o seu caso, que ainda nem pensaram no assunto ou que gostam de deixar para o fim a mudança, têm agora mais dois anos para fazer a alteração!