Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Laços que Perduram

 

Sinopse

"Com apenas vinte e cinco anos, Julie Barenson tem já uma mágoa maior do que a vida: o seu querido marido, Jim, morreu. Em plena noite de Natal, dilacerada pela perda, ela recebe os dois inesperados presentes que ele lhe deixou. É o típico ato de amor de Jim: não a esquecer nem por um segundo. É assim que Singer, um cachorrinho amoroso e assustado, entra na sua vida. A acompanhá-lo vem um bilhete e uma promessa: Jim velará sempre por ela. Quatro anos depois, Julie está preparada para começar de novo e Richard Franklin parece ser o homem ideal. Mas no seu íntimo, ela sente que algo está errado e termina a relação. A seu lado, incondicionalmente, está Mike Harris, o bondoso melhor amigo de Jim, o homem que a apoiou nos melhores e nos piores momentos. Ao longo dos anos, os sentimentos entre ambos floresceram e parece ter finalmente chegado o momento de viverem plenamente a sua paixão. Mas quando a vida parecia sorrir-lhe de novo, Julie tem de enfrentar o pior dos pesadelos - sobreviver à perseguição de um louco. Nesta comovente história de amor, perda e redenção, Nicholas Sparks ultrapassa os limites do romance ao pintar um quadro implacável dos sombrios desígnios da mente humana. Laços que Perduram é a derradeira prova da sua mestria."

 

Em primeiro lugar, e como já disse muitas vezes, não sou grande admiradora de cães (ao contrário dos gatos, que são a minha paixão). Ainda assim, este foi um dos livros do Nicholas Sparks que mais gostei de ler e que mais me comoveu, revoltou e entristeceu. Porquê? Por causa, precisamente, de um cão! Não um cão qualquer, mas um verdadeiro guardião que lutou até ao fim, e morreu para salvar a dona!

Além disso, foi um livro que aliou romance a suspense, com direito a perseguições doentias e esquemas premeditados, crime e usurpação de identidade, todos os ingredientes para uma receita de sucesso! 

Mistura explosiva em tarde de cinema

Depois de uma tarde caseira de cinema, passada no sofá, a assistir às ofertas dos vários canais, e que começou no Hawai, com a sua força especial...

 

    ESTREIA 2.ª TEMPORADA DE 'HAWAI: FORÇA ESPECIAL'

 

...não pude deixar de me fazer esta pergunta:

"Que mistura explosiva resultaria da aliança entre as habilidades manuais e físicas de Jackie Chan, e a avançada tecnologia do nosso já velho conhecido KITT?"!

Seriam uma boa arma no combate ao crime!

 

 

 

Mas, para todos aqueles que não conseguissem ser salvos por estes dois, ainda restaria a última esperança - o Guardião! 

 

 

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP