Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Sair do trabalho e ver o mar!

 

Não é para todos!

Nem todos os dias.

E não, não estou a trabalhar ao pé da praia. Estou, na verdade, a cerca de 10 km da Ericeira.

Mas aqui, do centro de Mafra, em determinados dias, consegue-se avistar o mar lá ao fundo, no horizonte.

E ontem foi um desses dias em que saí, por volta das 19 horas, e consegui ver perfeitamente o mar, reluzente, com os raios de um sol escaldante já a baixar de encontro a ele! Realçava-o ainda mais o céu azul vivo.

Tive pena de não ter tirado uma foto. Mas, por outro lado, guardei a imagem só para mim :)

E que vontade que me deu de dar um mergulho naquele mar! 

Parecia estar ali mesmo à frente, lá ao fundo. Se pudesse saltar daqui para lá...

Mas não. Parece perto, mas está longe.

Ainda assim, consegui vislumbrá-lo até metade do caminho. Até eu acabar de descer a rua, e ele desaparecer da minha vista.

Hoje já não se vê.

Porque está meio nublado. Porque o céu já se confunde com ele, naquele azul desbotado que nem é azul, mas não chega a ser cinzento ou branco.

E porque uma vista tão bonita como aquela que pude apreciar, são raras, e assim devem permanecer, sob pena de perderem toda a beleza, tornando-se banais!

 

 

Imagem retirada da net (à falta da original)

And suddenly the world is all brand new...

 

 

Ali estava ela, sozinha, sentada a olhar o horizonte...

Por momentos, conseguiu afastar-se da confusão que reinava na sua vida. 

Sentindo os raios do sol quase a desaparecerem e a tranquilidade que o mar sereno transmitia, fechou os olhos...

E, de repente, deu um mergulho! Um mergulho para um novo mundo. Um mergulho de libertação...

Ali, era uma simples desconhecida. Uma mulher como outra qualquer. E permitiu-se ser feliz...

Naquele lugar, brincou, riu, viveu aventuras. Sem correrias, sem rotinas, sem preocupações ou responsabilidades. 

Naquele lugar, sentiu-se viva, apaixonada...Tudo era vivido intensamente...

Abriu os olhos...Continuava sentada, e sozinha... O sol desapareceu...Tinha sido apenas a sua imaginação...

Com um sorriso resignado, levantou-se e foi embora, levando consigo a recordação daqueles escassos minutos...

 

 

 

 

Ao acordar...

 

 

 ...gostaria de abrir a minha janela e ver...

 

O Lado Bom da vida!

Ver tudo o que tenho, o que já conquistei, o que poderei ainda vir a concretizar...

Os sonhos que já realizei e aqueles que ainda poderei realizar...

O sol que me enche de energia, o mar que me transmite paz, campos de flores que me dão alegria...

Ver no meu horizonte a razão de todos os dias me levantar, e viver da melhor forma que conseguir, aproveitando o que a vida tem de melhor nesta breve passagem que aqui faço!

E, quando me voltar, perceber que esse lado Bom, também está dentro de mim, nas pessoas que tenho ao meu lado, nos mais puros sentimentos, nos mais simples gestos, nos mais inesperados momentos...e que nem sempre preciso abrir a minha janela para o descobrir! 

  • Blogs Portugal

  • BP