Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Sobre a política de satisfação dos clientes da Meo

Resultado de imagem para meo

 

A Meo que não tem qualquer forma de descontar o mísero valor de 3 euros, nem no meu saldo recarregável, nem numa próxima factura, é a mesma que, ao ser avaliada pelo cliente, com "0" a nível de recomendação do serviço a outros, e "0" a satisfação do cliente e problema resolvido, oferece um vale de 25 euros em compras na Fnac, como forma de compensação!

 

PS.: resta saber se esse dito vale não traz "água no bico" ou não é um "presente envenenado"

Quem espera, desespera!

Resultado de imagem para esperar sentado

 

E vai embora sem almoçar!

Que o digam duas senhoras que encontrámos hoje num restaurante e que, por estarem à demasiado tempo à espera do almoço, acabaram por se ficar pelas entradas, e pelas bebidas, e tiveram que ir embora sem almoçar, porque senão chegavam atrasadas ao compromisso que tinham.

Ainda perguntaram se podiam colocar as refeições numa caixa, para levarem, mas perante a arrogância do empregado, penso que nem isso levaram. Segundo percebi, tinham marcado antes, talvez para terem tempo de se despachar. 

 

 

Resultado de imagem para quem espera desespera

E como é que eu sei disso? 

Porque o meu marido teve a triste ideia de ir a esse restaurante comprar qualquer coisa para o almoço.

Já uma vez tínhamos lá ido, comprar uma sopa, e demoraram um tempão para a pôr numa caixa.  Mas ele já não se lembrava disso, e foi lá outra vez. 

Perguntou se estava alguma coisa para sair no momento, e foi esse prato, supostamente rápido, uma vez que estava tudo feito, que ele pediu.

Era só pôr tudo numa caixa. Estivemos cerca de 10/15 minutos à espera!

Havia 3 funcionários no restaurante, que andavam para lá atarantados, e a pedir licença a um pé para mexer o outro. E isto com apenas meia dúzia de clientes. Nem quero imaginar com uma casa cheia! E pelos vistos, a cozinha também não prima pela rapidez e eficiência. 

Já era praticamente 13h, pelo que o restaurante, abrindo às 12h para os almoços, deveria ter tudo encaminhado e pronto a sair. 

 

 

Resultado de imagem para esperar sentado

 

É caso para dizer que, quem espera, desespera!

Não fosse o meu marido já ter pedido, e o facto de, indo a outro lado depois de ali termos estado a perder tempo, ir perder ainda mais, tinha mesmo ido embora sem dar satisfações.

A continuar assim, muitos clientes hão-de perder! É que, mesmo sentados, nem todos têm paciência ilimitada para ficar à espera de uma refeição, principalmente quando apenas dispôem de uma curta hora de almoço!

O dia depois de ontem

 

Andavam por aí muitos portugueses insatisfeitos com o actual governo.

Tiveram a sua hpótese de tentar mudar, nas eleições de ontem. Alguns cumpriram o seu dever. Muitos, abstiveram-se de o fazer.

Hoje, andam muitos portugueses descontentes com o vencedor das eleições. Alguns com esse direito, porque os seus votos não foram suficientes para destronar o actual governo. Outros, sem terem do que reclamar, porque não fizeram nada para mudar.

Os conformistas, expressam as suas opiniões "Ah e tal, pelo menos não ganhou com maioria absoluta" ou "Ah e tal, pelo menos já sabemos com o que contamos".

Mas há quem diga que foi melhor assim. Que, não havendo oferta de qualidade, mais vale um Coelho na cartola, que dois Costas a voar!

Imagem www.movenoticias.com

 

E por falar em animais, parece que o PAN conseguiu fazer história nestas eleições, ao ver um deputado eleito para a Assembleia da República.

Também o Bloco de Esquerda alcançou uma vitória, passando a ser a terceira força mais representada, com a eleição de 18/19 deputados.

E assim corre o dia depois de ontem - um dia de rescaldo, ressaca, desilusão, optimismo, vitórias, derrotas, alegria, contas à vida.

Amanhã esqueceremos estas eleições. Hibernaremos por quatro anos, na toca do Coelho.

Em 2019, voltaremos a dizer de nossa justiça. Ou talvez não... 

 

Imagem rr.sapo.pt

Pessoas "bem resolvidas"

images (1).jpg

 

No outro dia, ao visitar este blog, deparei-me com um texto sobre o trabalho sem esforço, feito por pessoas a que o autor apelidou de "pessoas bem resolvidas", que fazem o que gostam e como tal, não trabalham um único dia das suas vidas. Porque quando se gosta, não é trabalho, é prazer. 

Neste último ponto, concordo. Quando se gosta do que se faz, tudo fica mais fácil, entregamo-nos com prazer e temos outra disposição.

Mas pessoas bem resolvidas não são só essas que têm a sorte de fazer aquilo que gostam, ainda que tenham lutado muito para isso.

Na verdade, já vi pessoas muito bem resolvidas, e que sabiam bem o que queriam, irem à luta e perderem. E terem que deixar essas lutas em standby porque não era o momento mais propício para isso, terem que se conformar, ainda que temporariamente, com aquele emprego ou trabalho que não gostam, e voltar ao "clube" dos queixosos e insatisfeitos.

E não me parece que isso seja ficar sentado à sombra da bananeira, mas apenas ser razoável, ponderado e cauteloso.

Claro que há pessoas que nada valorizam e se queixam por tudo e por nada. Penso que era, especificamente, a estas que o autor do texto se referia.

Mas também há aquelas que são obrigadas a aceitar as escassas oportunidades que surgem, porque é isso ou nada. Podem até lutar para conseguir outra coisa melhor, e conseguirem. Mas também podem não ter essa sorte.

E apesar de estarem agradecidas, por poder ter trabalho e uma fonte de rendimentos, não significa que tenham que estar satisfeitas e felizes com esse trabalho. 

Pessoas bem resolvidas vão à luta quando se verificam condições propícias para isso. Mas também sabem estar quietas quando isso não acontece. Pessoas bem resolvidas também se queixam, mas nem por isso deixam de trabalhar, mesmo naquilo que não gostam, mesmo que as condições não sejam as melhores, mesmo que não seja o emprego dos seus sonhos! Isto sim, mostra de que matéria essas pessoas são feitas!

Porque nem sempre ser pessoa bem resolvida é sinónimo de irresponsabilidade, aventura ou sonho.

Meo Videoclub Card

Cada vez que carrego o meu telemóvel, acumulo pontos.

Decidi trocar os mesmos por um cartão Meo Videoclub Card no montante de € 10,00.

Fiz a troca, mas só ao fim de quase duas semanas (quando no site falam num prazo máximo de 5 dias) é que recebi uma mensagem no telemóvel com o código do cartão.

Em 13/05/2014 , a mensagem foi a seguinte:

"O seu vale MEO VIDEOCLUB já está disponível. Para usar o videocard Eur10, insira o código xxxxxxxxxxxx ao alugar os seus filmes. Válido até 31/12/2014. Obrigado."

Passados uns dias, aluguei um filme, sem problemas.

Este fim de semana, ia alugar outro. Não deu. Apareceu a mensagem de que o cartão estava suspenso.

Liguei para o apoio ao cliente, e a operadora diz-me que o cartão foi suspenso porque tem uma validade de três meses, e tinha que ter feito um carregamento nesse período!

O que é engraçado é que, no site, quando se procede à troca dos pontos pelo cartão, não vem essa indicação. Mais engraçado ainda é eu ter recebido uma mensagem a informar que a validade é até 31/12/2014.

E o que não faz sentido nenhum é que eu tenha direito a pontos por efectuar carregamentos, que tenha trocado esses pontos, que são meus por direito, por um cartão de 10 euros para alugar filmes, e que ainda tenha que carregar o dito cartão, para poder usufruir daquilo que já adquiri e paguei por isso!

Fiz a reclamação na sexta-feira à noite. No sábado à noite, tornei a ligar. Diz-me o operador que a reclamação está a ser tratada e que vai colocar a indicação que eu tenho urgência em ser contactada.

Até agora, estou à espera! Nem aluguei filmes, nem me responderam, nem resolveram a situação.

E, assim, se põe a MEO a jeito para perder clientes!

  • Blogs Portugal

  • BP