Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Existe idade certa para usar lentes de contacto?

Resultado de imagem para usar lentes de contacto

 

A minha filha usa óculos desde os 3 anos.

Tal como muitos de nós, na família.

Felizmente, e porque, hoje em dia, muitos estudantes sofrem do mesmo mal, nunca teve problemas pelo facto de usar óculos, na escola.

Aliás, a determinada altura, ela dizia que gostava mais de se ver com óculos, do que sem eles.

 

 

Mas as crianças crescem, dão lugar a adolescentes, e as adolescentes começam a preocupar-se com a imagem.

Em ficar ainda mais bonitas. E isso não inclui óculos!

 

 

É neste momento que começamos a colocar a hipótese das lentes de contacto. Até porque o pai usa, e eu também.

Mas, existe uma idade certa para usar lentes de contacto?

 

 

Na verdade, existem muitos factores que podem influenciar o uso destas, e que nada têm a ver com a idade, nomeadamente, o problema de visão de cada pessoa, a adaptação às mesmas, os cuidados a ter com as lentes.

 

 

O mau uso das lentes de contacto, ou a deficiente limpeza das mesmas, pode provocar outros problemas, que não se colocam com os óculos.

Nem todas as pessoas conseguem adaptar-se ao uso de lentes de contacto, seja pela dificuldade em colocá-las e/ou retirá-las, seja pela sensação de terem um corpo estranho nos olhos.

 

 

Assim, o ideal, e que vamos fazer, é marcar consulta com o oftalmologista, que nos dirá se a minha filha pode usar lentes de contacto, e fazer um período de experiência com blisters de ensaio, até perceber se é, de facto, isso que quer, se se sente bem com elas, se tem facilidade em colocá-las/ retirá-las/ manuseá-las, e como é que os seus olhos se adaptam ao uso de lentes.

E só depois, se tudo correr bem, comprar as definitivas, diárias ou mensais, consoante o que for melhor.

 

Derrames oculares

Imagem relacionada

 

 

Por aqui, para além da miopia e astigmatismo, os meus olhos já foram vítimas de descolamento do vítreo, herpes ocular, conjuntivite e aqueles tercolhos comuns que volta e meia nos atacam.

Ultimamente, é a vez dos derrames oculares.

 

 

Da primeira vez, até foi a minha filha que me chamou a atenção para o facto de ter uma parte do olho vermelha. Não sentia nada, percebi que era um derrame, não liguei. No dia seguinte, tinha desaparecido.

 

 

Mas, nos últimos dias, reparo que, quando chego à noite, e tiro as lentes de contacto, estou sempre com um dos olhos vermelho, sempre no mesmo sítio, e sinto como se tivesse grãos dentro do olho, a causar mal estar.

No outro dia, de manhã, volta ao normal, mas isto sucede dia após dia, sempre que uso as lentes de contacto.

Já nos dias em que apenas utilizo os óculos, não acontece nada, e o olho permanece normal.

Quando começou, estava constipada e com tosse, pelo que associei que poderia ser essa a causa (tosse, espirros, esforço).

 

 

Mas também poderia ser uma infecção ocular. Por uma questão de precaução, troquei as lentes de contacto. Tem melhorado, mas ainda não na totalidade.

Acho que, mais uma vez, vou ter que ir ao oftalmologista, para ver o que dizem os meus olhos, e o que ele me diz sobre os mesmos!

 

 

No entanto, ao pesquisar as possíveis causas, e descartando aquelas que não se verificam (não fiz qualquer lesão, não fui operada, não uso medicamentos, não pratico actividades físicas), apenas resta a infecção ocular (talvez provocada pelas lentes de contacto anteriores) ou a degeneração macular, que está mais que confirmado que sofro dela. 

 

 

Óculos ou Lentes de Contacto - qual a melhor opção?

transferir (1).jpg

 

Há uns 15 anos atrás, não percebia como é que as pessoas conseguiam andar com lentes de contacto. Hoje, agradeço quem teve a feliz ideia de as inventar! E de as inovar ao longo de todos estes anos.

Não há nada melhor para utilizar no dia a dia (para quem as possa usar e se dê bem com elas) do que as lentes de contacto.

Para mim, quando me foi dito que tinha miopia e astigmatismo, usar óculos no dia a dia estava fora de questão. Por uma questão estética. As lentes de contacto foram a solução ideal.

Ou quase sempre, porque nem tudo é um mar de rosas. Eu utilizo lentes de contacto, e óculos, e posso afirmar que ambos têm vantagens e desvantagens, mas complementam-se entre si.

 

Vejamos, então, as lentes de contacto:

- há que ter em conta se, para o tipo de problema que a pessoa tem, deve ou não utilizar

- há que ter em conta se a pessoa se adapta bem à sua utilização ou não

- podem vir a ser uma solução mais dispendiosa, tendo em conta que, além das próprias lentes, são necessários os produtos de limpeza

- só se devem utilizar durante 8 a 10 horas, no máximo

- exigem mais cuidados e maior higiene

- podem ser utilizadas em qualquer actividade (na praia ou em desportos, por exemplo) sem termos que as tirar

- não alteram a aparência, e são ideais para quem não gosta de, esteticamente, se ver de óculos

- proporcionam uma melhor correcção da vista

 

os óculos:

- são ótimos para utilizar quando os olhos estão mais sensíveis, irritados, ou depois de um dia a usar lentes de contacto

- são muito práticos, não exigem tantos cuidados de manuseamento e higiene

- podem ser mais económicos

- podem danificar-se com mais facilidade

- não oferecem riscos à visão ocular, mas podem distorcer a visão periférica

- podem ser inestéticos, ou a pessoa não gostar da sua aparência com eles

 

Eu gosto de utilizar as lentes de contacto durante o dia ou quando saio, e à noite ou quando estou em casa, os óculos. Mas também já utilizei os óculos em outras ocasiões porque não conseguia mesmo colocar as lentes de contacto.

Só cada pessoa pode saber qual é a melhor opção para o seu caso, para o seu tempo e para a sua carteira. 

 

 

 

Estava mais que na hora...

...de uma consulta de optometria!

Como não utilizo muito os óculos, e a diferença é mínima, só vou renovar as lentes de contacto.

Optei pelas mensais, para não correr o risco de perder alguma ou estragar, e porque são mais eficazes.

Mas fiquei contente por a miopia ter reduzido o seu ritmo de evolução - aumentou, mas muito pouco. Quanto ao astigmatismo, será o meu eterno "calcanhar de aquiles"!

  • Blogs Portugal

  • BP