Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Quando não tem que ser, não é mesmo!

Resultado de imagem para chateada

 

Segunda-feira, 9 de julho:

Primeiro dia de férias, com a filha em casa doente, com uma otite.

Tempo totalmente encoberto, que se prolongou até 5ª feira, tendo o sol apenas feito uma aparição temporária na sexta, dia em que já pudemos sair à rua.

 

Segunda-feira, 16 de julho:

Primeiro dia de trabalho, com a filha já em forma, e o sol a brilhar num lindo céu azul.

Devo ter sido muito má nas minhas outras vidas!

Coisas que só me acontecem a mim V

 

Ir arrumar um casaco no roupeiro, que já não penso utilizar nos próximos meses, e cair o varão e toda a roupa que lá estava! Adivinhem só onde foi comprado: na Moviflor, claro!

Mais uma vez, a minha carteira não deu para grandes extravagâncias, e lá comprei este roupeiro que tem bastante espaço para arrumação, o que me deu imenso jeito. Mas o peso da roupa fez-se sentir, e o suporte do varão partiu.

O meu pai arranjou um varão e uns suportes para desenrascar, mas parece que o comprimento aumentou e, ao mínimo toque, o varão cai de um dos lados.

E, depois, é uma epopeia tentar colocar tudo de novo, sem cair em cima de mim! 

Conclusão: uma pessoa compra um roupeiro grande porque precisa de espaço para arrumar a roupa, e acaba por ter que andar com ela espalhada por cadeiras e sofás, porque o roupeiro não aguenta!

  • Blogs Portugal

  • BP