Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Máquina de lavar ou árvore de Natal?!

 

Chego eu ontem a casa, curiosa para ver a máquina de lavar roupa nova, experimentar e ver como funcionava.

Mal carrego no botão para ligar, o botão de selecção de programas enche-se de luzinhas, o painel luminoso acende, e cada vez que mudo alguma coisa, dá um toque. Assusto-me, quando olho para o tempo de cada lavavem, de cada programa. A outra era muito mais rápida!

Ao escolher o programa, a máquina, inteligente, escolhe logo as restantes opções - temparatura, enxaguamento, centrifugação.

O que é isto, pergunto eu, ainda pouco ou nada habituada?! 

Perco algum tempo, a ler o manual. Ponho roupa a lavar. Fico ali especada a olhar para a máquina, a ver como aquilo funciona.

Em seguida, vou à minha vida, que tenho mais que fazer, o tempo é escasso e a máquina ainda leva duas horas a lavar.

Estou na sala, já esquecida desse assunto, quando começo a ouvir uma música. Achei que era na televisão, algum telemóvel a tocar.

O meu marido pergunta-me também que música era aquela, e se era a máquina de lavar. Vou à cozinha, e confirma-se que era, realmente, a máquina a anunciar o fim do programa, com uma música em modo natalício, e a piscar a palavra END!

Ao fim de alguns segundos, cala-se e desliga-se automaticamente.

Então, mas eu comprei uma máquina de lavar, ou uma árvore de natal já com luzinhas e música?!

O meu marido diz que a máquina é espectacular. E lá bonita é.

Mas modernices não são comigo e, para ser sincera, preferia a minha velhinha, com aqueles dois botões para a temperatura e para selecionar o programa! 

 

A falta que me faz uma máquina de lavar roupa!

 

Um fim de semana inteiro sem máquina de lavar roupa, e não sei mais onde pôr a roupa suja!

A minha máquina, que já há muito tempo me andava a prevenir que não iria durar para sempre, resolveu dar o último suspiro na quinta-feira passada. Durou 12 anos! Já não se fazem máquinas assim. Aliás, já nem encontro nenhuma desta marca sequer.

Na sexta, fomos comprar uma nova, mas só a vêm entregar hoje à tarde.

Já estou a ver qual vai ser o meu passatempo nos próximos dias!

Desabafos domésticos

 

Se há coisa que me dá nervos é pôr roupa a lavar. É sempre uma aventura e nunca sei o que dali vai sair.

Eu sei que, actualmente, há detergentes para roupa branca, roupa escura e roupa colorida. Mas que raios, eu não quero ter um armazém de detergentes diferentes para cada ocasião. Nem tão pouco andar a pôr meia dúzia de peças a lavar às prestações.

Já para não falar nas dúvidas que surgem: por exemplo, uma peça azul clara, lavo com roupa branca ou roupa escura? Se lavar com a branca, esta fica azul. Se lavar com a escura, a azul fica manchada. E não posso esperar semanas até que haja outra peça igual. E quando a roupa é metade branca e metade escura? Outro dilema...

Então caros inventores, porque é que não inventam uma máquina de lavar com compartimentos para os vários tipos de roupa, que se possam lavar de uma só vez, sem se misturarem, e com um único detergente próprio para todos eles?!

Isso é que era inovação!

  • Blogs Portugal

  • BP