Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Verdade Escondida, de Mary Kubica

Resultado de imagem para verdade escondida, mary kubica

 

Costuma-se dizer que "não há amor como o primeiro", e no caso da Mary Kubica e dos seus livros, esse ditado aplica-se. 

Continuo a preferir o primeiro "Não Digas Nada". No entanto, depois de "Vidas Roubadas" que não me surpreendeu muito, neste terceiro livro a autora conseguiu redimir-se e mostrar que é capaz de fazer melhor. Embora confesse que as primeiras páginas não entusiasmam muito, e dá vontade de ler na diagonal ou passar à frente, para ver se a história melhora.

E é isso que acontece!

Começamos, à semelhança da personagem Quinn, a tentar perceber quem é, na verdade, a amiga com quem esta dividia a casa em Chicago, e se seria possível estar a conviver com uma assassina.

Mas é difícil desvendar o mistério e confirmar a verdade com Esther desaparecida sem deixar rasto. E as únicas pistas que têm parecem indicar que Quinn será a próxima vítima de Esther.

Enquanto isso, perto de Chicago, Alex encontra no café onde trabalha uma estranha rapariga, por quem se irá sentir atraído, mas sobre quem nada sabe. E a verdade pode não ser a que ele esperaria.

Temos ainda uma mulher que há anos não sai de casa, devido ao pânico, mas acabará por ter que enfrentar aquilo que sempre temeu, arriscando-se a pagar com a própria vida.

O que têm em comum todas estas personagens? É o que irão descobrir ao ler este livro!

Vidas Roubadas - Mary Kubica

 

Acabei de ler este livro na semana passada e posso-vos dizer que me desapontou, sobretudo tendo em conta o livro de estreia desta autora "Não Digas Nada".

A história não deixa de ser boa, mas já tinha lido um outro livro com uma história semelhante "Até que Sejas Minha", da Samantha Hayes e, talvez por isso, este livro não me tenha surpreendido tanto.

Nesta trama, podemos encontrar a Heidi, casada com Chris e mãe de Zoe, a única filha que teve e poderá ter pelo resto da sua vida, devido a um tumor no útero que lhe destruiu por completo o sonho de ter vários filhos.

Para compensar, vai dirigir a sua atenção para Willow, uma sem abrigo que encontra na estação de comboios, com uma bebé, e que irá levar para sua casa, para ajudar.

Mas Willow não é quem diz ser, e esconde um passado que não quer que ninguém descubra. Será que Heidi e Chris irão conseguir desvendar este mistério?

No entanto, mais para o final, a dúvida que se irá colocar é quem deve temer quem? Quem representará maior perigo?

Será que alguma destas personagens será realmente má, ou são apenas vítimas de um passado sombrio, e das circunstâncias em que a vida as colocou?

Não Digas Nada...

Foto: Qual o segredo que esconde esta história? Não posso dizer! Leiam e descubram porque é surpreendente! Grande livro, e mais não digo...

 

Não digas nada conta a história de uma família tradicional, mas que deixa muito a desejar:

Eve é a mãe ausente e a mulher submissa, conformada com um casamento por conveniência.

James é o pai exigente, marido autoritário e juiz com uma reputação a preservar.

Grace é a filha prodígio, da qual os pais se orgulham.

Mia é a ovelha negra da família, com quem raramente os pais têm contacto.

No início, temos o desaparecimento da Mia, que logo em seguida percebemos que se trata de um rapto. Pela sinopse, podemos pensar que estamos perante um psicopata ou serial killer que estudou bem a sua vítima e se prepara para atacar, torturar e sabe-se lá mais o quê.

Entretanto, mais à frente, sabemos que a Mia foi resgatada com vida, mas sofre de amnésia selectiva e tem comportamentos estranhos, associados a stress pós traumático.

O que a autora nos vai mostrar ao longo de toda a história, alternando entre o antes e o depois, é como tudo começou e como tudo terminou, e qual o grande segredo que está por trás de tudo.

Um segredo que Mia nunca poderá revelar. Será que conseguiremos descobri-lo? Só lendo o livro ficaremos a saber! E mais não digo!

  • Blogs Portugal

  • BP