Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A melhor versão de nós mesmos

Resultado de imagem para ver ao espelho

 

Será que existe?

 

Por vezes, a vida e as várias situações, contratempos, dificuldades, rotinas e problemas que dela fazem parte, levam-nos a que, aquela pessoa que um dia fomos, dê lugar a uma outra, moldada pelas circunstâncias.

 

Não tem que ser, necessariamente, mau. Mas, na maioria das vezes, também não é bom.

Algumas pessoas nem se apercebem disso, dessa mudança gradual que as vai tornando diferentes.

Outras, têm essa noção, mas uma certa habituação e conformismo, sobretudo se, do outro lado, ninguém se opuser ou se mostrar descontente com a mudança, fá-las deixar andar.

 

Só quando começam a ver a sua vida a descambar, as coisas a complicarem, as críticas e a desilusão dos outros a fazer-se sentir, percebem que, algures, ficou alguém muito diferente do que hoje são. 

Aquela versão de nós próprios que era melhor e que, hoje, nem mesmo nós gostamos dela, quanto mais os outros.

 

O problema, é que não há soluções milagrosas, se não houver vontade de procurar essa versão perdida, ou de melhorar a actual, de mudar, de ser e fazer diferente. 

Se não estamos satisfeitos com a pessoa que somos, ou com aquela em que nos transformámos, só nós poderemos melhorá-la.

Não depende de terceiros. Apenas, e exclusivamente, de nós mesmos.

 

A melhor versão de nós mesmos é aquela com a qual, acima de tudo, nos sentirmos bem, felizes, realizados, e de bem com a vida.

Pode não ser aquela que os outros querem ou esperam de nós.

Mas deve ser, sempre, aquela que queremos ou esperamos de nós próprios!

Presa Branca - o melhor filme que vi este ano!

Resultado de imagem para presa branca filme 2018

 

Presa Branca foi, sem dúviva, o melhor filme que vi este ano!

E que recomendo, a todos aqueles que gostam de animais.

 

É um filme que nos faz enternecer, sorrir, chorar, enervar, e despertar o nosso lado mais agressivo para dar uma lição a uns quantos personagens que por ali andam.

Tenho tanto para dizer sobre este filme, mas não poderia fazê-lo sem vos dar a conhecer a história deste lobo, e tudo o que ele passou. Mas digo-vos que o trailer não faz jus ao filme. Nem de longe. 

 

 

 

Resultado de imagem para presa branca filme 2018

 

O filme começa logo com uma cena intensa e trágica, que mexe logo connosco.

Depois, ao longo da história, são vários os momentos marcantes, que coincidem com as mudanças na vida de Presa Branca, um lobo que depressa aprende quais são os seus deveres, o que deve fazer para que o respeitem, como sobreviver. Mas também um lobo que não esquece quem é seu amigo e quem lhe fez mal, quais são as suas origens, e onde vive a sua única familia.

 

É aquele animal que todos gostaríamos de ter mas que, a determinado momento, teríamos que deixar seguir o seu caminho, para que pudesse ser feliz!

 

Se puderem, vejam!

 

 

Sinopse:

"Baseado no conto de Jack London, o filme reinventa este clássico para os mais pequenos, num emocionante conto de bondade, sobrevivência, humanidade e maravilhas do mundo natural. Depois de ser separado da sua mãe ainda filhote, Presa Branca passará pelas mãos de vários donos, experimentando e aprendendo lições essenciais de vida ao longo do caminho. É levado pela primeira vez por Castor Cinzento, um líder da tribo Gwich'in de Nativos Americanos no Yukon. Lá, Presa Branca é tratado com respeito e reverência, e aprende a ser um líder e amar a humanidade pelos seus melhores exemplos. Mas tudo muda quando Presa Branca é levado pelo malvado Beauty Smith, que o atira para o mundo cruel das lutas de cães. O Xerife Weedon Scott intervém e com a ajuda da sua esposa Maggie, cuidam de Presa Branca devolvendo-lhe a saúde física e espiritual, restaurando nele a ternura e o amor que Beauty Smith roubara. Depois de um emocionante confronto entre Scott e Beauty Smith - numa batalha pela vida de Presa Branca - Weedon e Maggie decidem deixar o Yukon para trás. Mas Presa Branca, agora um herói crescido, curioso e autossuficiente, toma a decisão de ficar, e volta para seu lugar de direito na vida selvagem para prosperar e para criar a sua própria família."

 

 

The Voice Portugal - 5ª Prova Cega

Foto de The Voice Portugal.

 

As provas cegas estão a chegar ao fim, mas ainda vão reservando algumas surpresas, umas positivas, outras nem tanto.

 

 

As actuações que mais gostei foram estas:

O Paulo - rapaz de poucas falas, directo, mas grande artista em palco, pelo menos nesta actuação. Que continue assim, porque o que queremos é bons artistas, e que nos prendam pela forma como cantam, e não pela conversa.

 

A Margarida - independentemente de ser "querida" ou "fofinha", que não é isso que se está ali a avaliar, adorei o timbre dela e a forma como cantou. Se se adaptará a outros estilos, é o que veremos daqui em diante.

 

O Ricardo - das melhores actuações da noite, excelente escolha de música, e com um timbre espectacular.

Espero que vá longe e ainda nos surpreenda muito.

 

 

A revelação:

Já na edição anterior afirmei que, das três meninas, a Marta era a única que cantava. Naquele trio, ainda que com alguma sorte, acabou por ser prejudicada.

Voltou nesta edição, sozinha, e completamente diferente, tanto fisicamente, como em termos de postura e a nível vocal - muito melhor. 

Quero ver até onde conseguirá chegar nesta edição, agora com um mentor diferente, para reforçar ainda mais que esta é uma história diferente. 

 

 

As piores actuações da noite:

O nome não me é estranho, mas acho que nunca ouvi cantar a Célia Lawson na vida, apesar de até nos ter representado no Festival Eurovisão da Canção. Pode ter cantado bem noutros tempos, e até ter feito sucesso.

Nesta prova cega, mostrou-se uma das piores concorrentes da noite. E não digo isto por já estar farta de ouvir esta música, digo-o porque ela conseguiu "assassinar" a música. Não tendo o poder vocal que a música pedia, contornou essa questão, mas não da melhor forma.

 

 

O Cláudio - conseguiu estragar uma das minhas músicas preferidas dos Avicii. Gostei do timbre dele, tem ali qualquer coisa que marca, mas depois tudo o resto foi medíocre. Má escolha de música, talvez?

 

 

Quanto aos restantes, não percebo como é que viraram a cadeira para a Inês, e não viraram, por exemplo, para a Jessica ou, ainda mais, para a Taly.

A Raquel - tive dificuldade em perceber se aquilo é tudo garra.

O Pedro cantou muito bem o fado mas, irão colocá-lo a cantar sempre nesse registo, como fazem com os concorrentes de lírico? Ou vão colocá-lo à prova noutros registos? E será que ele nos vai surpreender?

O Ferr, cantor do mundo, não convenceu os mentores, ainda que os tenha posto a dançar. Já o Jorge, teve mais sorte, mas vai ter que mostrar muito mais. 

 

Imagens The Voice Portugal

  • Blogs Portugal

  • BP