Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Sobre a política de satisfação dos clientes da Meo

Resultado de imagem para meo

 

A Meo que não tem qualquer forma de descontar o mísero valor de 3 euros, nem no meu saldo recarregável, nem numa próxima factura, é a mesma que, ao ser avaliada pelo cliente, com "0" a nível de recomendação do serviço a outros, e "0" a satisfação do cliente e problema resolvido, oferece um vale de 25 euros em compras na Fnac, como forma de compensação!

 

PS.: resta saber se esse dito vale não traz "água no bico" ou não é um "presente envenenado"

Ainda sobre a MEO!

Resultado de imagem para meo

 

Depois daquele telefonema da parte da MEO, em Abril, para eu aderir ao novo tarifário, que nunca produziu efeitos, e de um outro, em Setembro, em que disse que não tinha interesse, voltaram a ligar-me este mês.

Queriam saber se tinha recebido ou visto a mensagem que me enviaram no mês anterior, sobre o aumento dos preços do meu actual tarifário, e a possibilidade de mudar para um mais adequado às minhas necessidades, ou seja, o tal tarifário Unlimited da outra vez. Mas com a diferença que, agora, em vez dos 10,99 euros pagaria 14,99 de mensalidade, e que o meu saldo actual não seria descontado nas primeiras mensalidades, ou seja, ficaria com ele ali parado.

Falei-me da proposta de Abril, e que não tinha dado em nada. Ficou muito admirada e foi ver o que se tinha passado. Não há qualquer registo de contacto no dia que lhe indiquei. Desapareceu! O que é curioso porque as conversas até são gravadas. 

O que me leva a pensar que, ou quem me ligou não tinha nada a ver com a MEO e estava a tentar fazer trafulhice (o que não me parece porque nos dias seguintes uma outra colega da MEO verificou que havia lá o pedido feito), ou que alguém da MEO fez um trabalho tão mal feito que tiveram que limpar o mal pela raiz, e apagar tudo o que pudesse dar problemas!

Mas, adiante, disse à senhora que iria pensar, e depois lhe dizia alguma coisa. Ou melhor, perguntei se poderia ser assim, ou se tinha que responder naquele momento. Respondeu-me que tinha que ser na hora, porque eu já tinha recebido vários avisos e mensagens, e que todas as dúvidas que tivesse ela poder-me-ia esclarecer ao telefone.

Sendo assim, disse-lhe que não queria. Porque não tenho que responder sob pressão, como eles querem, e só porque querem. Disse-lhe também que já tinha perdido muito tempo, que estava no trabalho e não podia estar ao telemóvel mais tempo. Depois de muita conversa, lá concordou em voltar a ligar de novo. 

- A que horas sai do trabalho?

- Às 19h.

- Então posso ligar-lhe às 18.55h?

- Acabei de dizer que saio às 19h, que nem sempre é 19h, só depois dessa hora é que estou disponível!

 

Ligou-me às 19.03h. Não atendi. Ainda estava no trabalho. Pensei, de acordo com o que ela me tinha dito, que seria a última tentativa de contacto deles sobre este assunto.

Desde então, têm ligado todos os dias, a várias horas diferentes, sempre quando estou no trabalho! Para quem não podia esperar por uma resposta, nem tão pouco ligar de novo, até estão a ser bastante persistentes!

Eu bem disse que era uma oferta boa demais!

 

Lembram-se daquela proposta de tarifário espectacular que a Meo me fez, e que me ocupou quase toda a hora de almoço?

Pois bem, isso aconteceu numa sexta-feira. Nessa tarde, enviei a mensagem com o código, que recebi no email, para adesão à proposta. Nunca cheguei a receber a mensagem no telemóvel, de que me tinham falado. Só depois percebi porquê: tinham enviado a mesma para o meu telemóvel da vodafone!

Na segunda-feira seguinte, tendo deixado o telemóvel de serviço no escritório, ligo para o meu patrão do telemóvel, achando que tinha o tarifário activado, e não ia pagar a chamada. Mas paguei!

Liguei para a Meo, que me confirmou que, de facto, estava lá o meu pedido, mas que o colega que falou comigo deve ter efectuado de forma errada o procedimento.

Passaram-me para uma colega, que voltou a analisar, voltou a confirmar todos os dados e informações que o outro já me tinha pedido, e me disse que ia enviar para a Meo resolver o quanto antes.

Já passou mais de uma semana depois desse telefonema, já tive que carregar novamente o telemóvel, uma vez que continuo com o meu tarifário habitual, e nem um contacto da Meo.

 

O que só me leva a crer que:

 

- Ou a Meo não está minimamente interessada em conceder essa promoção fabulosa e, nesse caso, escusava de andar a contactar os clientes e fazê-los perder tempo com uma coisa que não têm qualquer intenção de oferecer

 

- Ou os funcionários que nos contactam, ou contactamos, não têm qualquer competência para proceder a uma mera alteração de tarifário

 

Numa situação ou noutra, a Meo acaba por ficar mal vista e desacreditada. 

Quando a esmola é grande, o pobre desconfia!

 

Há já alguns dias que andava a receber chamadas de um número que não conheço mas, assim que eu atendia, desligavam, ou a chamada caía.

Hoje ao almoço, tornei a receber uma chamada e atendi, mesmo com pressa para ir buscar a minha filha à escola, e chapéu de chuva aberto. Era um operador da MEO.

Queria propôr-me um novo tarifário, mais adequado às minhas necessidades e gastos habituais, tendo em conta uma análise aprofundada que teriam feito previamente à minha situação.

Neste momento, tenho o tarifário Link sem mensalidade, mas com carregamento obrigatório. Carrego com 10 euros de 20 em 20 dias, mas nem sempre gasto esse valor, porque a maior parte dos números para os quais ligo são gratuitos.

A MEO quer oferecer-me uma promoção especial, que não se encontra no site pelos valores oferecidos telefonicamente: o tarifário pós-pago Unlimited L Light, com uma mensalidade de apenas 10,99 por mês, e chamadas e sms grátis para todas as redes nacionais!

 

doc20160415222905_001.jpg

 

Ou seja, tenho como vantagens:

- pagar apenas mais 1 euro, e o pagamento passar a ser mensal, em vez dos 20 dias actuais

- como é mensalidade, não acumula, mas não pagando chamadas nem sms para 96, 91, 93 ou rede fixa, não preciso de saldo no cartão

- o período de fidelização não me afecta, porque há anos que estou nesta operadora, e não pretendo mudar

- é certo que esta promoção só é válida durante 24 meses e que, nessa altura, se não me apresentarem outra proposta vantajosa, terei que mudar de tarifário mas, até lá, estarei a usufruir de uma grande promoção

- como tenho ainda saldo pertencente a este tarifário, vão descontá-lo nas primeiras facturas, pelo que vou ficar alguns meses sem pagar qualquer mensalidade 

- existem ainda outras ofertas inerentes a este tarifário, mas que não se aplicam no meu caso, porque o meu telemóvel é do mais básico que há.

 

Assim sendo, se esta proposta é tão vantajosa e me parece perfeita e de aproveitar, porque é que sinto que me está a escapar alguma coisa?

Porque é que tenho a sensação que, apesar de todas as perguntas e esclarecimentos do momento, há qualquer coisa por detrás desta oferta que posso não estar a ver?

Porque é que acho que, depois de aderir a este tarifário, me irei arrepender?

 

A verdade é que, quando a esmola é grande, o pobre desconfia. E eu estou hesitante em enviar a mensagem com o código para confirmação do serviço.

Alguém por aí foi contemplado com uma promoção semelhante? Já tiveram a experiência de usufruir deste tarifário? Será que estou a ver rasteiras onde não existem, ou esta pode mesmo ser uma publicidade enganosa?

Reclamar, por vezes, compensa

transferir.jpg

Ou, pelo menos, assim espero, tendo em conta os últimos desenvolvimentos.

No mesmo dia em que reclamei, novamente, para a MEO, por telefone, enviei também, por email, uma reclamação para a Provedoria do Cliente PT.

Ontem à noite, recebi uma chamada de um número que não conhecia. Atendi. Era da Provedoria do Cliente, para me informar que tinham analisado a minha reclamação e que, de facto, a informação consta do site. Mas como não está muito explícita irei, a "título excepcional", receber nos próximos dias um voucher de 10 euros para gastar no videoclube.

Reafirmaram que a informação do site é a correcta, e que a validade do meu cartão era 31/12/2014, ou seja, não me souberam explicar as contradições entre a informação do site e a mensagem recebida, embora eu tenha chegado às minhas próprias conclusões.

Mas também confesso que não estive para insistir mais, afinal, vou poder utilizar o meu crédito no videoclube (espero eu) como era a minha intenção. E podem crer que desta vez vou gastá-lo em pouco tempo, não vá o "diabo tecê-las"!

E assim termina, com um final feliz, esta telenovela! 

 

  • Blogs Portugal

  • BP