Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Casamento Forçado: Na Cama Com um Cowboy

doc20170331210949_001.jpg

 

Andrea é a típica rebelde, mimada e maria-rapaz!

Revoltada pela atenção que nunca teve do pai ausente, Andrea refugia-se nos amigos duvidosos, nos distúrbios que provoca, e nos sarilhos em que se mete. É uma menina/ mulher da cidade, e é lá que se sente bem.

Richard é o típico cowboy, afeiçoado à terra, aos animais, ao sossego.

 

O único motivo que o leva a visitar a cidade é tentar convencer o homem, que lhes aluga os terrenos contíguos aos seus, a vendê-los. Esse homem é, nada mais nada menos, que o pai de Andrea!

O primeiro encontro entre Andrea e Richard dá-se, precisamente, à porta do restaurante onde o pai dela o esperava para falarem de negócios. Ela a sair disparada, indo de encontro a Richard, e ele irritado por aquela pessoa nem sequer se ter desculpado. A cena que se segue é, no mínimo, caricata!

Mais tarde, os dois voltam a cruzar-se e Richard consegue, de novo,  "domar" a fera, o que leva o pai de Andrea a propôr um acordo surreal: Andrea e Richard terão que se casar e assim permanecer durante 1 ano, em Montana! Se cumprirem o acordo, Andrea poderá voltar a Nova Iorque e continuará a receber o apoio financeiro dos pais, e Richard terá os seus desejados terrenos. Caso não aceitem, Andrea irá para a rua, sem qualquer ajuda, e Richard poderá esquecer os terrenos.

 

E é assim que, no dia seguinte, partem os dois para Montana, já casados, para aquele que ameaça ser o pior ano das suas vidas. Mas será que as coisas ainda podem piorar mais? Conseguirão eles cumprir o acordo até ao fim? Será Andrea atingida pela maldição de Montana? E como fica Jennifer, a noiva de Richard, no meio de tudo isto?

 

Para quem gosta de um bom romance este é, sem dúvida, um livro a não perder!

Tem partes mesmo cómicas, em que nos vemos a imaginar aquelas cenas e a rir com elas, e outras em que dá vontade de dar um abanão a cada um, para ver se abrem os olhos e deixam de ser casmurros. É um livro pequeno, que se lê num ápice, e se fica com vontade de ler mais! 

 

 

 

 

A minha estreia na Feira do Livro de Lisboa!

IMG_2683[1].JPG

 

 

Como já tinha aqui dito, não era para ir à Feira do Livro, mas o facto de a Carmen e a Maria estarem presentes levou-me a querer ir até lá, e fazer a minha estreia nesta Feira.

O dia estava bonito, estávamos os 3 de folga, e era um bom passeio para se fazer em família.

Não ia já com uma ideia vincada de que tinha que comprar este ou aquele livro, mas sim de ir vendo se algum me agradava ou não e se, por acaso, algum dos que tinha na minha wishlist estaria à venda a um preço mais em conta.

Para variar, apesar de termos tentado despachar tudo e sair cedo de casa, já saímos por volta das 15h. Deixámos o carro no Campo Grande e apanhámos o metro até ao Marquês.

 

Chegados à Feira, devo dizer que não ia minimamente preparada para tal! E já vão perceber porquê.

A prioridade era encontrar os pavilhões da Chiado, que não fazia ideia onde ficavam, ou seja, deveria ter visto antes o mapa da Feira, para não perder tempo.

Quando, finalmente, os encontrámos, e perguntámos a um representante da Chiado pelas escritoras, o mesmo disse-nos que a sessão de autógrafos já tinha acabado às 16h. Olho para o relógio, e ainda faltavam uns 4 minutos para as 16h. Mas é mesmo assim, há que sair depressa para dar lugar à próxima autora.

Com o primeiro objetivo sem qualquer possibilidade de se cumprir, resolvemos explorar todos os pavilhões e o espaço.

O meu marido andava à procura de livros de desporto. Não havia!

Eu, ia vendo se encontrava um livro, mas não fazia a mínima ideia de que editora era! Só sabia o nome da autora - Karin Slaughter. Vá lá que, por sorte, me lembrei do título do livro - Flores Cortadas! Alguma vez eu me lembrei de que era suposto saber o nome da editora?!

Mas, de facto, havia ali na Feira tantas editoras que eu nem sequer tinha ouvido falar, que era complicado.

E, onde íamos perguntando, não faziam a mínima ideia de que livro eu estava a falar. Por sorte, calhei a olhar para um pavilhão, e vi-o!

Estava mais barato, e o meu marido ofereceu-mo.

 

 

 

Depois, já do outro lado da Feira, vi o novo livro da Dorothy Koomson. Já tinha lido a sinopse, gostei, mas ainda não estava na minha lista. No entanto, fiquei admirada porque a própria autora estava ali à nossa frente, a autografar os seus livros. E, assim, lá fui eu comprar o livro e pôr-me na fila para o autógrafo e a fotografia da praxe!

Havia uma tradutora para nos perguntar os nomes e traduzir eventuais perguntas que quiséssemos colocar. É muito simpática e acessível, e ainda trocámos duas ou três palavras.

Também vimos por lá o escritor Luís Sepúlveda, a autografar o seu novo livro.

 

 

 

Devo dizer que não fiquei deslumbrada com a Feira do Livro. Havia tantos livros, mas nenhum que realmente me chamasse a atenção. Talvez porque não tenha examinado tudo ao pormenor, ou porque não havia mesmo nenhum daqueles que eu gosto, e que ainda não tenho.

Também não vi nenhum livro daqueles que a minha filha gosta e costuma ler. Comprámos-lhe dois, só para não dizer que vinha de lá de mãos a abanar.

E o meu marido acabou por comprar dois que nada tinham a ver com desporto.

As promoções de alguns livros são boas, e compensam. Mas se não for daqueles livros que eu quero, não me fazem perder a cabeça.

As sessões de autógrafos são uma motivação extra para ir até lá mas, como é óbvio, os escritores desconhecidos estão "às moscas", e é-lhes dado pouco tempo de antena enquanto que, para os mais conhecidos, as pessoas fazem fila que chega a dar três voltas, e é-lhes dado maior destaque!

Para o pagamento, em alguns espaços, a tarefa não é facilitada. 

Gostei do ambiente, gostei de ver tanta gente por ali, é um passeio diferente, mas nada como encomendar os meus livros no site, ou comprá-los na livraria!

 

E, se no futuro pensar em voltar à Feira do Livro, tenho mesmo que:

- estudar antecipadamente o mapa da Feira

- levar a minha lista com toda a informação sobre os livros que quero, e ir directamente aos pavilhões das editoras correspondentes

- saber de antemão quem vai estar por lá a dar autógrafos, para não chegar lá sem saber o que dizer ou perguntar naquele momento

- chegar a horas  

 

 

Sessão de Autógrafos com Natalie K. Lynn

IMG_2651.JPG

 

 

Já muito se falou por aqui deste romance - Júlia: Afinal, Existem Príncipes Encantados!

Devido à parceria com a Chiado Editora, tive oportunidade de ler este magnífico romance - o primeiro de uma colecção de quatro, e que me encantou particularmente pelo facto de a acção se desenrolar aqui na minha zona, como podem ver aqui.

 

 

IMG_2653.JPG

 

 

 

As autoras têm andado um pouco por todo o país, a promover este romance e a desdobrar-se em diversas sessões de autógrafos, tendo vindo aqui a Mafra no passado sábado!

Ora, depois de as ter entrevistado para a minha rubrica, que podem ler aqui, e de todo o apoio que nos deram para a causa da Becas, não podia perder esta oportunidade de as conhecer pessoalmente!

 

 

IMG_2657.JPG

 

Depois da presença no programa da TVI - "A Tarde É Sua", na quinta-feira, e da entrevista concedida à RCM, na manhã de sábado, a Carmen estava presente, à hora marcada, para receber os leitores e falar um pouco mais sobre o Júlia, escrito a "quatro mãos".

A Maria, infelizmente, não pôde estar presente.

 

 

IMG_2655.JPG

 

E assim, depois de uma boa conversa sobre livros e animais, foi a vez de o meu livro ser autografado!

 

 

IMG_2654.JPG

 

 

E aqui está a foto da praxe!

 

 

 

Para quem ainda não teve oportunidade de ler o livro, ou já o tem e gostaria de uma dedicatória especial, ou simplesmente quer conhecer melhor as autoras que assinam sob o pseudónimo de Natalie K. Lynn, a próxima oportunidade surge já no próximo sábado, na Feira do Livro de Lisboa!

 

Aproveitem!

 

 

 

Eu não ia à Feira do Livro mas...

 

...depois de saber disto, convenci-me!

 

Porquê?

Porque adorei este romance, porque entrevistei as autoras e são pessoas extremamente simpáticas e, inclusivamente, participaram nas rifas solidárias e leilão da Becas, e teria oportunidade de as conhecer pessoalmente, e ganhar um autógrafo no meu livro!

 

No entanto, a oportunidade irá chegar uma semana mais cedo!

É que já neste sábado, a partir das 14 horas, vão estar mesmo aqui por Mafra, na papelaria 77.

Já sabem: se quiserem aparecer, serão bem vindos :)

Eu vou!

Ajuda para a Becas - novo artigo

12966213_10154152894289312_937669992_n.jpg

 

Carmen Silva e Maria Betânia, mais conhecidas pelo pseudónimo Natalie K. Lynn, autora do livro "Júlia: Afinal, Existem Príncipes Encantados! vão oferecer um dos seus livros, com autógrafo personalizado, para ajudar a Becas! E desde já agradecemos este gesto de generosidade!

A ideia é rifá-lo, e por isso estão disponíveis 25 números de rifas (de 1 a 25). É só escolherem o(s) número(s) que quiserem. Cada rifa tem o valor de € 1,00. O sorteio será efectuado, através do sistema random.org, logo que as 25 rifas estejam esgotadas ou, no máximo, até ao dia 31 de Maio de 2016. Pedia aos interessados que me deixem um contacto, para que possa nessa altura pedir os dados para envio. Podem enviar para o meu email - marta.isabel.segao@hotmail.com

 

 

Sinopse
Quando chamou palhaço a Miguel Souto, o homem de bata branca que estava à sua frente, jamais passara pela cabeça de Júlia Medeiros que ele não ia desistir enquanto não a tivesse rendida aos seus encantos...

Uma missão aparentemente impossível, uma vez que há muito que a jornalista tinha deixado de acreditar em príncipes.

Mas o pediatra estava determinado a quebrar as muralhas que ela construíra em torno do seu coração para a fazer viver o conto de fadas e nada o iria impedir, nem mesmo as adversidades do destino, como a sua partida numa missão humanitária para um país africano em guerra.

Uma história empolgante sobre a descoberta do amor neste primeiro volume da coleção "Amor, Amigas e Garrafas de Vinho".

 

Deixo aqui o IBAN para onde poderão efectuar o pagamento das rifas:
 
PT50003504260003699840098 
 
1 - 
2 -
3 - Dona Pavlova - pago
4 - Chic'Ana - pago
5 - Cantinho da Casa - pago
6 - Inês Gonzalez
7 - Dona Pavlova - pago
8 -
9 -
10 -
11 -
12 - Joana - pago
13 - Anabela - pago
14 - Mula - pago
15 - Inês Gonzalez
16 -
17 - Inês Gonzalez
18 - Joana - pago
19 - Anabela - pago
20 -
21 - Inês Gonzalez
22 -
23 - Inês Gonzalez
24 - Chic'Ana - pago
25 - Mula - pago
  • Blogs Portugal

  • BP