Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

A minha experiência com a Uber

Imagem relacionada

 

Não vou falar da facilidade com que se utiliza a aplicação, da rapidez com que os motoristas chegaram até nós, nem da condução segura e calma que fizeram nos respectivos trajectos.

Costumo andar de táxi, normalmente quando o meu marido está a trabalhar e preciso de levar as compras do mês para casa. Ou quando chove muito e a minha filha tem que ir para a escola. Tenho o contacto de uns taxistas - pai e filho - e quase sempre são eles que nos levam. Já nos conhecem. O caminho é curto, mas lá se enverada por conversas banais. Não tenho razão de queixa.

Esta sexta-feira, à noite, foi a primeira vez que andámos de Uber. O meu marido à frente, eu e a minha filha atrás. Em Lisboa. E soube tão bem!

O meu marido encarregou-se da conversa de ocasião. A minha filha ia entretida com o telemóvel.

E eu, aproveitei para apreciar a vista, em silêncio, que sabe tão bem, apenas com a música de fundo do rádio, bem escolhida por sinal, o que ainda contribuiu mais para aquele momento "zen"!

A música era realmente muito boa, calma, mas sem nos dar sono, apenas a transportar-nos para onde a mente se deixasse levar.

 

E há que realçar a simpatia e educação da motorista que nos levou de regresso - 5 estrelas! 

Sugestões para o fim-de-semana

 (cliquem na imagem)

 

Aqui ficam as sugestões do Fantastic para os próximos dias, na rubrica semanal "Fora de Casa"!

 

Esta semana, como não poderia deixar de ser, destaco dois programas aqui no concelho - uma gala de teatro solidário e uma noite de contos à lareira.

Mas há muito mais - comédia, um festival das sopas solidário, um festival de curtas-metragens, e muita música, com destaque para o concerto de apresentação do novo álbum de Tony Carreira.

Agrada-vos?!

Onde estás, lua?

Depois da super lua cheia de segunda-feira que, à hora que eu vi, não estava assim tão super, já me tinha convencido que teria que esperar mais 18 anos.

No entanto, pelo sim, pelo não, quando saí do trabalho ontem à noite, lembrei-me de olhar para ela, para ver se me surpreendia.

Não a vi em lado nenhum.

Onde estás, lua?

Se no dia anterior tinha vindo daquela zona, não poderia desaparecer totalmente no dia seguinte. O céu estava limpo, viam-se as estrelas. Fui o caminho todo andando e olhando para trás, à procura dela, a pensar onde poderia estar àquela hora, em vez de estar no céu.

Quando estou quase a chegar a casa, vejo algo a surgir detrás de umas casas, enorme, branco e redondo.

Era a lua!

E, desta vez, super mesmo!

 

Não consegui tirar fotos, claro, que a minha máquina é pré-histórica,mas foi mais ou menos isto:

 

Resultado de imagem para super lua

 

Como ontem nasceu mais tarde, consegui ver o efeito que na segunda não tinha visto!

Dormir toda encolhida

Resultado de imagem para dormir toda encolhida

 

O frio veio de repente e ainda não me tinha dado tempo de me preparar para o combater.

Ainda com roupinha fresca, deitei-me à noite e, enquanto não aquecia, a única forma que encontrei para combater o frio, e não me levantar para mudar de roupa, foi encolher-me toda, com a cara praticamente colada aos joelhos, e completamente tapada, cabeça incluída, com todos os edredãos e cobertores!

Hoje já me irei prevenir, e vestir roupa quentinha! Senão daqui a pouco ainda acordo com uma valente dor de costas. 

O que o sono me faz

Resultado de imagem para desenhos com sono

 

Pensamento à noite, quando já estou cansada e cheia de sono, e só quero chegar à cama:

"Amanhã de manhã levanto-me mais cedo, e arrumo isto, faço aquilo, e por aí fora. "

 

Pensamento da manhã seguinte, quando me deveria estar a levantar:

Ao primeiro do despertador - "Só mais um bocadinho e já vou."

Ao segundo toque - "Estou aqui tão bem. Só mais um bocadinho."

Ao terceiro e último toque - "Bolas, era para me levantar mais cedo, e acabo por me levantar à hora do costume!"

 

Resultado: tenho que andar a acelerar para fazer tudo e sair de casa a horas decentes!

  • Blogs Portugal

  • BP