Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

O Último Minuto da Sandra Brown!

IMG_1381[1].JPG

 

Isto não é o que parece!

Eu não estou com ideias de tirar a vida da senhora, até porque é uma das minhas escritoras favoritas. 

Estou, na realidade, a referir-me ao seu último livro lançado que, por coincidência e curiosidade, tem o mesmo título de um livro de outro dos meus autores favoritos (Jeff Abbott) - O Último Minuto!

Sobre este livro, tenho a dizer que não é daqueles que prende logo na primeira página, como já aconteceu com outros livros da Sandra Brown.

Comecei a lê-lo, e a pensar "quando é que começa a acção?". Não a de há uns anos atrás, na caça a um grupo de terroristas, mas a de agora.

E ela acaba mesmo por chegar, envolvendo-nos aos poucos.

Tudo começa no ano de 1976, num confronto entre polícia e terroristas, do qual dois destes últimos escapam com vida - Carl Wingert e Flora Stimel, levando consigo um bebé. Desde então, nunca mais ninguém ouviu falar deles, julgando-os mortos. Até ao dia em que, por mero acaso, numa análise de ADN, se coloca a hipótese de um homem, recentemente assassinado, ser o filho do casal de terroristas.

Já na actualidade, Gary Headly (agente do FBI prestes a reformar-se) incumbe o seu afilhado Dawson Scott, jornalista, de fazer a reportagem do julgamento do assassino do suposto filho de Carl e Flora - Jeremy Wesson. Este aceita, mas não sabe o que lhe espera.

De um dia para o outro, vê-se apaixonado pela viúva Amélia Nolan, envolvido com os filhos desta, suspeito de um homicídio, e a proteger Amelia e os filhos contra um novo crime.

Quem quererá fazer mal a Amélia? A verdade é que, desde o início, andam a ocorrer coisas estranhas, que culminam com a morte da ama dos filhos que, por acaso, estava a usar um impermeável que lhe pertencia.

Estará Jeremy Wesson, seu ex-marido e pai dos seus filhos, cujo corpo nunca foi encontrado, vivo? Quererá ele matá-la?

Vamos avançando na leitura, e descobrindo que algumas personagens não são aquilo que pareciam, e escondem grandes segredos.

Ao mesmo tempo, ao longo da história, a autora foi inserindo páginas do diário de Flora Stimel, que podem vir a esclarecer muitas das dúvidas que vão surgindo na leitura.

Mas deixo-vos com uma, que só ficarão a saber se lerem o livro (tão mázinha): "E se o filho desaparecido de Carl e Flora for, na verdade, Dawson Scott?"

Sandra Brown, fico à espera do próximo! E que ainda venham muitos depois deste último minuto!

 

O Último Minuto

 

Até onde estamos dispostos a ir?

O que estamos dispostos a fazer para proteger ou salvar aqueles que amamos?

 

Sam Capra, que no livro anterior - Adrenalina - tudo fez para resgatar a sua mulher, em quem confiava plenamente, e o seu filho, das garras do "Nove Sóis", descobriu que a sua mulher era uma traidora, e que o seu filho tinha sido raptado (ou vendido) logo após o nascimento. Com a mulher que o arrastou para a conspiração e traiu a sua confiança, em coma, a sua única esperança e motivação para seguir em frente é encontrar o seu filho Daniel e destruir aqueles que lhe destruiram a vida.

Mas, para isso, vai ter de lutar, e cumprir a missão que lhe foi atribuída a troco da devolução do filho - matar o homem que tem o poder de desmascarar o grupo que mantém o seu filho prisioneiro.

E, nessa sua missão, vai contar com uma ajuda inesperada - uma mulher a quem supostamente roubaram a filha, com o objectivo de ajudar Sam a levar a bom porto a tarefa que lhe foi confiada. Tão simples como isto: Leonnie descobre onde está esse homem, Sam mata-o, e os filhos de ambos são devolvidos.

Claro que isto seria tudo demasiado simples!

Este livro vai revelar a história da moldava Mila, que no passado ajudou Sam e o trouxe para a Távola Redonda. E o porquê de a sua cabeça estar a prémio. August, amigo de Sam da época dos Projectos Especiais, também manter-se-á fiel à sua amizade. Vamos descobrir como tudo começou e quem criou os dois grupos.

Ao longo da trama são feitos vários avisos, em tom de ameaça, contra as crianças, se Sam e Leonnie falharem. Mas será que, depois de cumprida a missão, os bebés de ambos serão realmente devolvidos? Porquê fazê-lo quando os podem ter sempre na mão, não o fazendo?

E será que, como diz Mila, não podemos salvar e vingar ao mesmo tempo?

Qual será a escolha de Sam? Em quem poderá ele realmente confiar? O que acontecerá ao pequeno Daniel?

Leiam, e descubram todas as respostas! Para mim, conseguiu superar o Adrenalina!

  • Blogs Portugal

  • BP