Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Coisas que uma pessoa vê logo pela manhã!

Ia eu estender a roupa, hoje de manhã, quando me deparo com estas duas beldades no estendal!

 

IMG_4728.JPG

IMG_4729.JPG

Não há dúvidas de que está aqui um belo trabalho, e dá um toque especial na decoração do espaço.

No entanto, agradeço à autora o facto de não gostar de ser famosa, ter-se baldado aos autógrafos, e se encontrar ausente! 

Um agradecimento especial a Manuel SoaresTraquina

Resultado de imagem para sortilégios,manuel soares traquina

 

Há uns dias atrás, através da minha parceria com a Chiado Editora, tive oportunidade de ler o livro "Desamores", do autor Manuel Soares Traquina.

Tive também oportunidade de entrevistar o autor para a minha rubrica, uma entrevista que me deu muito prazer fazer.

Como forma de agradecimento, Manuel Soares Traquina presenteou-me com a sua outra obra "Sortilégios".

 Muito obrigada!

Comecei a lê-lo ontem, e estou curiosa para saber o que virá :)

O que sente um escritor quando termina uma obra?

 

O que será que sente um escritor no momento em que acaba de escrever a sua história?

Alívio? Alegria? Uma sensação de missão cumprida, talvez.

Acredito que seja algo assim. Mas, e em relação à história, será que conseguem pegar nela, agora que está acabada, e voltar a lê-la do início ao fim?

Não faço ideia, mas poso-vos dizer que já experimentei, e não consegui!

Já li e reli tantas vezes a história que escrevi, nessa altura, por partes, que agora não consigo nem ouvir falar daquelas personagens, quanto mais estar a ler tudo!

Acho que vou ter que ler outros livros por enquanto, até me desligar daquela história, e só então pegar nela com outra disposição, e lê-la como se fosse a primeira vez.

 

Prémio da União Europeia para David Machado

David Machado

Imagem daqui

 

O escritor português David Machado é um dos 12 vencedores deste ano, e o terceiro autor português a levar para casa este prémio para a literatura destinado a autores em início de carreira.

O romance contemplado com esta distinção intitula-se Índice Médio de Felicidade e conta a história de alguém que, apesar da crise, não deixa de lutar por um futuro melhor para si a para a sua família.

Em 2009, quem recebeu o prémio foi Dulce Maria Cardoso, com o romance Os Meus Sentimentos.

Em 2011, foi Afonso Cruz, com a sua obra A Boneca de Kokoschka, a receber essa distinção.

 

  • Blogs Portugal

  • BP