Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Obrigada, Sapo!

 

Quero agradecer ao Sapo Blogs todos os miminhos com que me tem presenteado ao longo destes últimos anos e, particularmente, nestes últimos meses, nomeadamente:

 

  • o primeiro destaque do cantinho, com um post nascido de uma das sugestões do Sapo Blogs (davam imenso jeito) 
  • o Diário de Leituras, que me enviaram por ter vencido um dos seus passatempos (por falar nisso, deveriam voltar a ter estes passatempos)
  • o convite para o Meet The Blogger, onde pude falar mais sobre mim e os meus blogs
  • os diversos destaques com que tem brindado este cantinho, e que me fazem querer continuar dia após dia 

 

E quero também agradecer:

  • por me dar a possibilidade de ter vários blogs à minha medida, sobre temáticas tão diferentes
  • pela oportunidade de poder partilhar o que me vai na alma com toda esta fantástica comunidade
  • por me ter dado a conhecer bloggers como aqueles(as) que sigo, e me seguem diariamente, ou frequentemente, e com quem posso trocar experiências, conhecimentos, pensamentos, estados de espírito, solidariedade, dois dedos de conversa e, por vezes, aprender coisas novas

 

Por tudo isto, e muito mais, obrigada, Sapo!

 

 

Agradeço...

 

...a todas as pessoas que passaram pelo meu canto;

...a todas as pessoas que deixaram e deixam os seus comentários e opiniões;

...a todas as pessoas que seguem o meu blog e o visitam regularmente;

 

Porque se é verdade que escrevo porque gosto, sem o fazer para ninguém em particular, também é para vocês que escrevo, e são vocês que tornam este meu canto muito mais acolhedor!

Obrigada!

 

 

Sabem aquela euforia e ansiedade que normalmente temos, a contar os dias que faltam para fazermos anos?

Aquela tradição e ideia que aniversário sem bolo e velas não tem graça?

Pois...

Este ano, nada disso me aconteceu.

E até é uma idade engraçada, que merecia uma comemoração a condizer!

Em vez disso, tive um dia perfeitamente normal, a trabalhar. Um dia que eu queria que passasse depressa. Um dia sem ânimo, sem disposição, com dores e enjoada (porque aquele nosso castigo mensal resolveu presentear-me).

E, pela 1ª vez, sem bolo. Ou, pelo menos, assim pensava.

Houve alguém que me quis surpreender e comprou bolo e espumante, para me cantar os parabéns e brindar!

Só posso agradecer e ficar feliz, pela família que tenho, pelas pessoas que estão ao meu lado, que gostam de mim e me dão força, que me seguram e puxam quando estou a cair...

E, mais uma vez, a ti, meu amor, que contribuíste com um simples gesto, para tornar este dia mais especial! 

Obrigada...por ontem, por hoje, e por sempre!

  • Blogs Portugal

  • BP