Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Este Amor Maior não me convence!

Resultado de imagem para amor maior sic

 

Uma telenovela, ou capta a atenção e prende logo de início, por vezes até mesmo antes de começar, ou não diz nada, e é melhor esquecer. 

Se, com Coração d'Ouro aconteceu a primeira situação, com a nova telenovela da SIC - Amor Maior, estou mais inclinada para a segunda.

Já ouvi falar bastante desta aposta, mas não me entusiasmou. Vi 0909um bocadinho do primeiro episódio, enquanto esperava pelo Coração D'Ouro, que resolveram dar a seguir e em episódios curtíssimos, e não me convenceu.

 

Talvez para isso contribua o facto de não gostar da actriz principal - Sara Matos.

Também não gostei muito da actuação do actor Jean-Pierre Martins. Não me parece natural.

Apesar do acidente trágico do primeiro episódio, que ditou a morte de Laura (eu gostava que não tivessem encontrado o corpo, e que ela voltasse a reaparecer perto do final), simplesmente não houve aquele "click". 

Acaba por ser mais do mesmo.

E já que assim é, aproveito o tempo que iria perder a ver esta telenovela para fazer algo de mais útil aos serões!

 

Ler um livro de 400 páginas em poucas horas é possível?

 

Sim, é possível!

Não é fácil um livro tão grande conseguir segurar e motivar o leitor em cada página que lê, mas a Sandra Brown tem esse efeito sobre mim.

Ninguém consegue ter aquela capacidade de manter o suspense, e fazer-me querer ler mais e mais e mais, porque a cada novo capítulo há uma surpresa guardade para mim. Deve ser por isso que não perco nenhum dos livros da Sandra Brown, e estou sempre à espera do próximo!

Sim, as histórias podem partir todas da mesma premissa: uma mulher que será a possível vítima, um homem que nos dá todos os motivos para acreditar que é ele o criminoso, mas que acabamos por descobrir que não, e alguém que nunca desconfiámos acaba por ser o verdadeiro culpado. O salvador, quase sempre não se pode, ou não se quer, envolver com a mulher que tenta proteger, mas acaba por fazê-lo. A mulher, apesar de todas as aparentes evidências, ainda assim acredita neles e sente-se mais segura ao seu lado. Quase sempre, este homem desaparece por uns tempos, deixando o romance em supenso, mas volta nas linhas finais para ficar com a mulher.

Mas, ainda assim, gosto de ler Sandra Brown, e deliciar-me com as voltas e reviravoltas que ela dá às suas histórias, e que nos prendem a cada uma das páginas, até ao desfecho.   

  • Blogs Portugal

  • BP