Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Nas Tuas Mãos

 Imagem relacionada

 

"Existem algumas coisas e situações na vida que não podes controlar.

Todas as outras estão, quase sempre, nas tuas mãos.

Está nas tuas mãos aceitar ou rejeitar, partir ou ficar, agir correta ou erradamente, lutar ou desistir, amar ou odiar, perdoar ou guardar rancor, seguir em frente ou ficar preso ao passado, assumir ou acobardar, denunciar ou ficar calado, fugir, escolher, tentar, decidir, viver, ser feliz...

E a forma como utilizas esse poder, ditará as consequências, boas ou más, que daí resultarem.

Que saibas tirar proveito deste poder que te foi colocado à disposição.

Que estejas consciente de que o teu futuro está, literalmente, nas tuas mãos!"

 

E foi baseada nesta reflexão, que surgiu o título para o novo livro que quero escrever - Nas Tuas Mãos!

Porque está nas mãos de cada uma das personagens, e de mais ninguém, escolher o rumo que quer para a sua vida, para o bem e para o mal.

E agora?

 

Não há mal algum em se ser competitivo, ambicioso e desejar conquistar tudo o que estiver ao seu alcance.

Mas, como se costuma dizer, “quem muitos burros toca, algum fica para trás”! E, dos quatro burros que o Benfica tinha a seu cargo, já “abdicou” de um – o que valia menos – para que conseguisse levar a bom porto os restantes três.

Com o Benfica na liderança do campeonato, foram muitos os adeptos que começaram, antecipadamente, a anunciar a vitória do clube, e até o Marquês foi “reservado” para a festa.

Só que ainda faltavam 3 jogos. A vitória em dois deles estava, supostamente, garantida. Por isso, estavam à vontade para perder o terceiro.

Penso que o mal foi esse – subestimar o adversário! O Estoril trocou as voltas ao Benfica que viu, assim, reduzida a diferença em relação ao Porto.

No sábado, era necessário um empate, mas teria sido fundamental a vitória para garantir o primeiro lugar no pódio. Não arriscaram, contentaram-se com um empate e, mais uma vez, o adversário trocou-lhe as voltas!

E agora, Benfica? E agora, Jesus? Caíste de joelhos? Pois bem podes começar a rezar. Ainda nada está perdido, mas a conquista do título está bem mais dificultada. Tudo se resolverá na última jornada. Vamos lá ver se o Benfica não “morre na praia”, no momento da verdade…

E como “quem tudo quer, tudo perde”, é possível que o Benfica acabe a temporada sem um único troféu. Com muita pena minha…

  • Blogs Portugal

  • BP