Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta - O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

The Voice Portugal - semifinal de surpresas

A semifinal começou com a atuação do vencedor da edição passada - Fernando Daniel.

Não é que seja do contra, mas não só não sou grande fã do Fernando Daniel, como também não achei a música dele nada de especial.

 

Quanto aos finalistas apurados, confesso que tive surpresas.

 

Foto de The Voice Portugal.

Equipa do Anselmo - desde o início que torço pela Marta. Infelizmente, ficou por aqui na competição. Sempre pensei que o Anselmo fosse dar a votação maior à Marta, mas não o fez. O público, já se sabia que iria votar na Kátia.

Não achei que a música da Kátia fosse a melhor para ela. Não me dizem nada as actuações da Kátia. Não passa emoção para o lado de cá. Já a Marta, nota-se a garra, o que lhe vai na alma, tem mais presença, e adoro a música da Pink, embora não tenha sido das melhores actuações da Marta.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Equipa do Mickael - de entre estes dois concorrentes, a Inês seria a minha preferida, embora o Fábio tenha estado melhor nesta gala, que nas outras provas todas, à excepção da prova cega. A Inês também conseguiu estar melhor desta vez, e conseguiu o lugar de finalista.

 

 

Foto de The Voice Portugal.

Equipa da Marisa - estava a torcer pelo Tomás e, ao que parece, o público também, o que se viu pela percentagem com que foi eleito finalista.

Uma coisa tem que ser dita a propósito do Tiago - dentro do género dele, deixem-no cantar em brasileiro. É que ouvi-lo cantar em português de Portugal, é um atentado aos ouvidos, porque nem soa a português, nem soa a original, é uma tentativa de retirar o sotaque, sem o conseguir, porque eu continuava a notar a sua presença.

Quanto ao comentário à decisão da Marisa, acredito que os nervos o tenham feito dizer tamanho disparate, embora compreenda o que ele quis dizer ou, pelo menos, o que era suposto dizer.

Em relação ao Tomás, continuo a achar que há exagero, e que por vezes as músicas muito modificadas acabam por não soar tão bem quanto se quer. Não ponho em causa a voz que tem, mas não era algo que eu perdesse tempo a ouvir.

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

Equipa da Aurea - as "princesas" Ana e Cláudia. Quase poderíamos imaginar aqui uma história da Disney, em que a Ana era a boa, inocente, bela, e a Cláudia, a "bruxa má" disfarçada!

Brincadeiras à parte, a Cláudia, que logo no dia da prova cega foi uma das minhas favoritas, acabou por mostrar, na maior parte das actuações, que canta quase tudo da mesma maneira, e com os mesmos malabarismos à voz que, segundo dizem, é para disfarçar os enganos, por nem sempre saber a letra. A ser verdade, o que sinceramente nunca reparei, parece que ontem nem isso lhe valeu, porque houve ali qualquer coisa na música da Carolina Deslandes, que não era suposto. 

Sabia que a Aurea a queria levar à final, e eu própria estava mais inclinada para a Cláudia, do que para a Ana Paula. Mas já sabíamos que, por muitos fãs e seguidores que a Cláudia tenha, ou não se manifestam, ou não a queria realmente na final, ou não conseguem bater os fãs da Ana Paula que, mais uma vez, e apesar dos esforços da Aurea para ela ficar pelo caminho, não falharam e a elegeram para finalista.

Sobre a Ana Paula, fiz-me a mesma pergunta que já tinha feito uma vez, e que todos fazem neste momento: porque é que não ouvimos mais vezes a Ana Paula neste registo que nada tem a ver com lírico? É que, por muito boa que possa ser em lírico, adorei ouvi-la a cantar com a Carolina Deslandes, e tem uma voz tão bonita!

 

Quanto aos convidados, a que menos gostei de ouvir foi a Sara Tavares, com os rapazes da Marisa, e os D.A.M.A, com as meninas do Anselmo.

João Pedro Pais, como o tempo passa. Era bom que muitos jovens de hoje em dia tivessem um pouco mais da tua forma de estar na vida e na música.

Foi a primeira vez que ouvi esta música da Carolina Deslandes - gosto da letra, não gosto tanto da música. Ainda por cima fiquei com o raio do refrão na cabeça! A Carolina é um bom exemplo de que a vitória nem sempre é o mais importante, e quando se quer, se tem talento e se trabalha, e quando conseguimos apoio das pessoas certas, tudo se consegue.

 

Uma última nota, dedicada aos apresentadores, sobretudo à Catarina. No outro dia falávamos da eterna comparação Catarina Furtado/ Bárbara Guimarães e até com a Cristina Ferreira, e de como a Catarina, desde cedo, primou pela sua classe e forma de estar em palco. Neste momento, essa classe está a desaparecer, dando lugar a uma Catarina cada vez mais "pindérica", até na sua forma de vestir.

Sinto falta da Catarina que existia há uns valentes anos atrás.

 

 

Imagens The Voice Portugal

The Voice Portugal - a semifinal

Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.Foto de The Voice Portugal.

 

Estão escolhidos os 4 finalistas do The Voice Portugal: Fernando, Marta, Francisco e Miguel!

 

 

Se eram os que mais mereciam estar na final? Isso vai do gosto pessoal de cada um, e da forma como cada pessoa vê o talento dos concorrentes. Vai também do número de apoiantes que tem cá fora, e que em muito contribuem para algumas surpresas.

Na minha opinião, poderiam estar neste lote outros concorrentes, mas foi esta a decisão tomada em conjunto por mentores e público e, por coincidência, semelhante.

 

 

 Foto de The Voice Portugal.

 

Equipa do Mickael:

 

Os primeiros concorrentes a saber o seu destino foram o Sérgio e o Fernando.

Nem seria preciso cantarem para saber que a escolha do mentor seria o Fernando, por vários motivos: foi desde o início da sua equipa, é o concorrente favorito à vitória e com uma enorme legião de fãs que lhe podem garantir a maior percentagem de votos, e a sua prova cega foi a mais vista.

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

Ainda assim, o Sérgio não se deixou intimidar e deu tudo nesta semifinal. Adorei a escolha da música! Gosto da forma como canta, embora não aprecie muito o seu timbre. Ontem, foi muito superior ao Fernando!

 

Foto de The Voice Portugal. 

O Fernando, com uma enorme pressão em cima, por tudo o que disse atrás mas, sobretudo, pelos objetivos que ele próprio, certamente, se propôs, acusou ontem essa pressão com uma atuação muito aquém do que já fez. Já para não falar na péssima escolha de música.

 

 

Equipa do Anselmo:

 

Seguiu-se a equipa do Anselmo, também sem grandes novidades.

 

Foto de The Voice Portugal. 

Mais uma vez, o Márcio a cantar uma mulher, no mesmo registo de sempre. Na minha opinião, a atuação não lhe correu muito bem.

 

Foto de The Voice Portugal. 

A Marta, séria candidata à final devido a todo o seu percurso e apoio do público, não me convenceu nesta atuação. Por vezes, menos é mais. E ela poderia ter evitado tantos floreados, que me fizeram parecer que estava a imitar a Jessica. Não havia necessidade. Como se costuma dizer "keep it simple".

 

 

Equipa da Aurea:

 

Também aqui, e desde a prova cega, a Aurea soube que o Francisco era o seu trunfo para a final, embora tenha vindo, depois, uma Jessica poderosa.

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

Gosto do Francisco e fiquei feliz por ele ter passado à final. Não compreendo bem como é que a Aurea, mal ele começa a cantar, já está de lágrimas nos olhos. Mesmo gostando de o ouvir, não teve ainda esse efeito em mim, embora perceba que ele tem um talento nato e características muito próprias. É daqueles artistas que, quando estivermos a ouvir, sabemos que é, indiscutivelmente, o Francisco.

 

Foto de The Voice Portugal. 

Sobre a Jessica, já muito foi dito. Que tem apenas 15 anos, que tem um enorme poder vocal, que é afinada, consistente e por aí fora. Na semifinal da passada edição, se não estou em erro, a Soraia cantou esta mesma música escolhida agora pela Jessica. Gostei mais de a ouvir na voz da Soraia.

 

 

Equipa da Marisa:

 

Nesta equipa, sim, houve surpresas inesperadas! Ou talvez não...

Para mim, a Andrea seria a justa finalista. Ainda que não fosse, sempre pensei que a maior percentagem, por parte da mentora, seria atribuída a ela. Fiquei de boca aberta quando a Marisa deu maior percentagem ao Miguel.

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

A Andrea esteve, mais uma vez, brilhante nesta atuação, com mais uma boa escolha musical em bom português. Talvez gostasse de a ver também noutros registos, e penso que isso terá sido um ponto contra ela. Por outro lado, por muito que a Marisa a quisesse levar à final, sabia que a Andrea não conquistou muita simpatia e votos do público, e que o Miguel, não em termos de talento mas de votos, daria mais luta aos outros finalistas.

 

Foto de The Voice Portugal.

Quanto ao Miguel, desta vez não gostei muito de o ouvir, confesso. Com tantas boas músicas para escolher em português, tinha que ser esta? Na minha opinião não o favoreceu. No entanto, com os votos do público e a preferência da mentora, ele está na final! 

 

 

 

Foto de The Voice Portugal.

 

Quanto aos convidados, acho que tiveram a postura que se pede neste tipo de programa, que é deixar os concorrentes "brilharem" na sua música, sem os ofuscar. Não gostei de ouvir o Agir (ao vivo não soa tão bem).

 

 

Foto de The Voice Portugal. 

Destaque ainda para as atuações da mentora Marisa com os Amor Electro, num tema que não gostei muito, e do mentor Mickael, que recebeu o seu disco de ouro, vá-le lá saber como!

 

Por último, devo dizer que sempre gostei das escolhas da Catarina Furtado no que ao look diz respeito, mas confesso que, gala após gala, tem vindo a desiludir e a pautar pela falta de elegância. Ontem, parecia ter acabado de vir do Circo para apresentar o The Voice. O mesmo se aplica à Jani.

 

 

http://www.atelevisao.com/wp-content/uploads/2016/12/te-voice-990x543.png

 

E agora, quem vai vencer esta edição do The Voice? Apostas?

 

Eu confesso que iria adorar ver o Francisco Murta ganhar, nem que fosse para provar que, afinal, não está tudo feito desde o início para ser o Fernando o vencedor. Alguém mais está comigo? 

 

 

 

Imagens The Voice Portugal e Fantastic

 

The Voice Portugal - Último Tira-Teimas

No domingo assistimos aos últimos Tira-Teimas do The Voice Portugal. Embora teenha acertado em quase todas as escolhas, tal como previ na semana passada, houve algumas decisões que achei menos justas. De qualquer forma, na maioria dos casos, seriam sempre injustas.

 

Equipa do Mickael:

 

A minha aposta anterior - Inês e Fausto.

A minha aposta depois de ouvir os 4 - Fausto, e estava indecisa entre a Inês e o Sérgio, embora tenha gostado mais de o ouvir na fase anterior. Mas, lá está, lírico não vence, portanto a Inês ficou de fora. pelo mesmo motivo, mas num estilo diferente, calhou a mesma sorte à Vera. Sobravam os rapazes!

Seguem assim para as galas o Fausto e o Sérgio.

 

 

Equipa da Aurea:

A minha aposta anterior - Catarina e Jessica.

Ouvi a Catarina e pensei "a Deolinda cantaria isto na perfeição"! 

Não gosto de ouvir a Jessica. Não que ela não tenha talento ou poder vocal, mas não gosto de a ouvir. E não gostei de a ouvir neste tema. Lembrei-me da Patrícia Ferreira, da edição passada, e acho que gostei mais da Patrícia.

A Janette nunca foi uma das minhas favoritas mas gostei de a ouvir. Claro que, no meio de três vozes poderesas (guinchonas, como lhes chamei no domingo), seria pouco provável passar em frente. A Vera esteve muito bem e fiquei muito incedisa se seria ela ou a Catarina a segunda escolha da mentora.

A Aurea escolheu a Jessica e a Catarina, talvez até por serem da sua equipa inicial.

Já agora, a propósito destas duas meninas, não vi o relógio nem o fio que compraram para usar neste desafio :)

 

 

Equipa do Anselmo:

 

A minha aposta anterior - Joana e Alexandra.

Depois de ouvir estas quatro concorrentes fiquei desapontada com umas, e surpreendida com outras.

A Joana não fez, para mim, uma grande actuação como todos afirmaram. Se dependesse só dessa noite, não passava.

A Natacha pode ter chegado longe no The Voice of Holland mas, aqui em Portugal, se tem mesmo um talento, ainda não o conseguiu mostrar completamente. Ou então a escolha da música não a favoreceu.

A Alexandra e a Cristina seriam, para mim, as escolhas mais justas pelo que fizeram no domingo. A Alexandra mostrou versatilidade, e que não é preciso estar sempre a gritar para cantar bem. A Cristina também esteve exemplar. Claro que, estando muito ligada a um género específico, que parece não caber neste tipo de programas, não poderia seguir em frente.

O Anselmo escolheu assim, curiosamente, duas concorrentes que vieram da equipa da Marisa, em detrimento da sua própria equipa - Joana e Alexandra.

 

 

Equipa da Marisa:

 

A minha aposta anterior - Daniel e Maria.

Depois de ouvir estes concorrentes, pensei: "não podem mesmo passar os 4?"

A Marisa tem vindo a surpreender a cada actuação, e merecia ir às galas.

O Pedro, que não contava sequer passar nas provas cegas, chegou até aqui e esteve muito bem. Contagia com a sua boa disposição e energia em palco.

A Maria é uma artista, e provou isso mais uma vez. Embora não goste muito dela e a ache convencida, mereceu passar.

O Daniel "estragou" a música do Shawn Mendes. Não sei se quem gosta da música achou o mesmo, mas eu não gostei deste "assassinato". Quando o ouvi no ensaio nem sequer reconheci a música. O final até escapou, mas de resto, não senti a mensagem da forma como o original a consegue transmitir. Mas é um concorrente forte.

A Marisa optou pela Maria e pelo Daniel.

 

 

Para todos os eliminados, há ainda mais uma hipótese de voltar ao programa, através dos votos do público ao longo da semana. 

 

Quem eu gostaria que voltasse: Vera Feu (Aurea), Cristina Afonso (Anselmo), Marisa Almeida (Marisa), Inês (Mickael) .

 

 

 

A Mariza disse tudo

Contraponto

A gala de ontem do Got Talent Portugal não prometia grandes actuações, e estava na expectactiva para ver como ia correr e quem seria escolhido para a final.

A primeira actuação - dos Contraponto - desiludiu-me. Não sei se foi a escolha das músicas ou as próprias vozes que não favoreceram em nada a actuação. Estiveram, sem dúvida, melhores na audição.

 

 

André Kosasih

O meu primeiro voto da noite (em pensamento) foi para o André Kosasih. Gostei muito de o ver contracenar consigo próprio! Tem talento e revelou originalidade (embora haja actuações semelhantes a estas noutros países).

Mais uma vez, e relativamente à Mafalda, a actuação de ontem deixou muito a desejar. Gostei mais da simplicidade e emotividade que mostrou na audição. 

 

Francisco Mousinho

O truque do Francisco conseguiu cativar-me e roubar um segundo voto. Pode ser um truque bastante básico e ter sido mal executado. Ao que parece, os mais atentos perceberam que ele tinha o papel com a identificação da carta na mão, e não utilizou o que estava dentro do envelope. Eu, confesso, não estava assim tão atenta e fiquei espantada com o truque. Hoje vou rever e tentar perceber se realmente foi assim tão óbvio.

 

 

Carolina Vasconcelos

E o meu terceiro voto da noite, ou seja, a minha terceira concorrente mais votada foi a Carolina! Foi uma actuação muito bonita, mais arriscada que a da audição, que teve ali muito trabalho investido e correu lindamente. E a escolha da música foi perfeita!

Sobre o duo Cantando os Azuis nem me vou pronunciar. Sem comentários!

Quanto ao Gao, voltamos ao mesmo: melhor na audição do que ontem. Não gostei muito.

 

Posto isto, e na hora das votações, fiquei com a mesma cara que os jurados fizeram quando a luz do André se apagou, indicando que ele era um dos menos votados.

Ainda mais indignada fiquei quando aconteceu o mesmo à Carolina.

Não se percebe como é que duas das melhores actuações da noite ficam entre as menos votadas e vão para casa, enquanto outros continuam em competição.

A Mariza, quando lhe foi dada a palavra na recta final do programa, disse tudo!

 

 

Em relação aos convidados da noite tenho a dizer que fiquei muito desiludida com o Dengaz! Porquê? Então andava eu a gostar tanto da música "Dizer que Não" convencida que era o Dengaz que cantava, e não é que fico a saber que a parte mais bonita da música é cantada pelo Matay! Não fazia mesmo ideia. Assim é caso para dizer que não gosto de ouvir o Dengaz, gosto é de ouvir o Matay!

 

 

E que dizer do Agir? Já tinha ouvido um pouquinho da música no noticiário e gostei. Ontem, ouvi na íntegra, a adorei! 

Não percebo as críticas que estão a ser feitas a este movimento nem à letra da música. Como o próprio disse, não se trata de ser contra a maquilhagem, ou de dizer que ela não é útil ou necessária, mas sim de mostrar a todos que devemos gostar de nós da forma que somos e que, mesmo sem maquilhagem, já somos bonitas. Não quer dizer que não possamos ficar mais, mas a verdadeira beleza é a natural.

 

Imagens 

Got Talent Portugal

Got Talent Portugal | RTP

 

A Ilha Mágica

Hélia Correia

 

http://www.arenashopping.pt/passatempos/reciclagem2013/lista.aspx

 

Os trabalhos escolares realizados pelos alunos das escolas do concelho, que participam na III Edição do concurso "A Arte dos 3 R's", este ano sobre o tema Água, encontram-se em exposição do Arena Shopping de Torres Vedras, e precisam de votos.

Como cada um "puxa a brasa à sua sardinha", eu apelo ao voto no projecto A Ilha Mágica, da turma da minha filha!

As votações até podem ser feitas online, por isso não custa nada :)

 

 

  • Blogs Portugal

  • BP