Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Marta O meu canto

Guardamos tanta coisa só para nós - opiniões, sentimentos, ideias, estados de espírito, reflexões, que ficam arrumados numa gaveta fechada... Abri essas gavetas, e o resultado é este blog!

Uma espécie de votos para 2024

Sem Título6.jpg 

 

Como sempre, deixo aqui em jeito de resumo do ano que agora termina, uma espécie de votos para o ano que está a chegar:

 

  • Agir com coerência
  • Deixar de meter o bedelho onde não se é chamado
  • Começar a viver por inteiro, e deixar de viver pela metade
  • Deixar de querer agarrar tudo ao mesmo tempo
  • Privilegiar mais os gestos, do que as palavras
  • Parar de querer consertar o que já não tem conserto
  • Guardar as coisas positivas, e descartar o ressentimento
  • Desenredar dos emaranhados da vida
  • Derrubar as barreiras que erguemos, e tentar não erguer outras
  • Desacelerar
  • Fazer pela vida

 

Feliz 2024!

Uma espécie de votos para 2023

272865980_4712204615561473_4268409028692358888_n.j

 

Em jeito de balanço de 2022, e numa espécie de votos para 2023:

 

- Filtrem a informação, e retenham o que é realmente importante

- Baixem a guarda - de vez em quando, sabe bem, e não é por isso que tudo correrá mal

- Fujam dos problemas dos outros, antes que sejam engolidos por eles

- Não formem opiniões (apenas, e só) baseadas em primeiras impressões

- Foquem-se naquilo que ganham, e não apenas naquilo que perdem

- Desobriguem-se daquilo que vos prende, e vos carrega

- Tentem reencaixar as peças, quando numa primeira tentativa elas não batem certo

- Rodeiem-se de pessoas que tragam leveza à vossa vida

- Agarrem a vida! Só se vive uma vez!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma espécie de votos para 2022

(inspirados pelo ano 2021)

Espiritualidade equilibrada: salmos de paz para uma vida iluminada

 

Vem aí mais um ano e, porque cada novo ano pode ser um recomeço, uma página em branco, uma nova oportunidade de fazer melhor, fazer diferente, ou manter aquilo que nos faz bem, aqui ficam, em jeito de resumo de 2021, os meus votos/ conselhos para 2022:

 

- Comecem o ano sem amarras, aquelas das quais anseiam soltar-se e não tiveram coragem até agora

- Preservem a vossa essência

- Façam as coisas por vós, e não pelos outros

- Aprendam a deixar os outros confortáveis desde que, e acima de tudo, também vocês se sintam confortáveis

- Sintam-se bem convosco

- Pratiquem a arte de saber ignorar aquilo que não tem importância

- Aprendam a dizer “sim”

- Usem o vosso medo como a melhor arma para o vencer

- Não transformem a vida numa eterna competição

- Percebam que são parte da Natureza, e que ela leva sempre a melhor

- Libertem as palavras, e deixem-nas chegar aos outros porque elas não pertencem somente a quem as pronuncia/ escreve

- Façam tudo com o coração porque, quando vem do coração, tudo sai melhor

- Subam, um a um, os degraus da escada da vida, sem pressa de chegar ao topo

 

Feliz 2022!

Votos para 2021

sociedade-5-0.jpg

 

Em jeito de balanço de 2020, e votos para o novo ano que aí vem, que em 2021 consigamos:

 

Viver o agora

Estar seguros daquilo que queremos

Fazer as coisas por paixão, e não por obrigação

Agir pelos motivos e com os objectivos certos

Valorizar as pequenas conquistas

 

Olhar mais para dentro de nós

Filtrar cada dia das nossas vidas

Esvaziar o lixo da nossa vida

Ter coragem de ser diferente

Enfrentar os fantasmas

Arrancar pela raiz as ervas daninhas da nossa vida

Manter o equilíbrio

 

Seleccionar as cordas a que nos queremos agarrar na vida

Calçar o sapato dos outros

Ouvir mais os outros

Olhar para além do superficial

 

Ser verdadeiros e sinceros

Não nos deixarmos influenciar pelo negativismo

Dar menos importância às aparências, e mais ao conteúdo

Dar hipóteses quando for o caso, mas também saber e aprender a desistir

Não usar as pedras, que dificultam o nosso caminho, como desculpa para não avançar

 

Não procurar nos outros aquilo que nos falta a nós

Evitar discussões inúteis

Comunicar mais

Perdoar

 

Dar valor à vida que, como já percebemos, se pode esvair num segundo

Não deixar nada por dizer, por demonstrar, por fazer

E ser ainda mais felizes!

 

Feliz 2021!